Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo clínico randomizado de três materiais capeadores pulpares após remoção parcial de cárie em dentes decíduos (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: STAFUZZA, TÁSSIA CARINA - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: CÁRIE DENTÁRIA; DENTE DECÍDUO; PREPARO DA CAVIDADE DENTÁRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar a resposta clínica e radiográfica do complexo dentino-pulpar após o uso de três materiais protetores pulpares na remoção seletiva de tecido cariado em molares decíduos. O desfecho primário foi o sucesso da resposta in vivo do complexo dentino-pulpar e o secundário compreendeu a medida da espessura de barreira dentinária. Foram selecionados 36 molares de crianças entre 5 e 8 anos de idade, de ambos os gêneros, que apresentavam lesões de cárie oclusais profundas sem alterações pulpares. Após a remoção seletiva os dentes foram randomizadamente divididos em três grupos: Cimento Hidróxido de Cálcio – HC (Grupo I); Agregado de Trióxido Mineral – MTA (Grupo II) e Cimento Portland - CP (Grupo III). Uma restauração final foi confeccionada com o Cimento de Ionômero de Vidro Modificado por Resina. O erro casual foi verificado através do Teste t pareado. O teste Qui-quadrado foi utilizado para se determinar as diferenças estatísticas significativas entre os grupos. As medidas radiográficas foram comparadas utilizando ANOVA, seguido do Teste de Tukey (P <0,05). O resultado primário obtido, através das avaliações clínicas e radiográficas, foi o sucesso da resposta in vivo do complexo dentino-pulpar com uma taxa de 97,2% de sucesso para a técnica. A verificação radiográfica da formação de barreira dentinária resultou numa espessura de 0,145 mm ± 0,125 para o HC; 0,115 mm ± 0,06 para o MTA e 0,155 mm ± 0,08 para o CP. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos. Conclui-se que os resultados clínicos e radiográficos foram satisfatórios e houve aumento da espessura de barreira dentinária em um período de 6 meses de acompanhamento.A remoção seletiva do tecido cariado é uma alternativa à remoção total de tecido e que independentemente do material protetor pulpar escolhido, o selamento hermético da cavidade é extremamente importante para o sucesso a longo prazo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.04.2017

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB2850272-10St13e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      STAFUZZA, Tássia Carina; OLIVEIRA, Thais Marchini de. Estudo clínico randomizado de três materiais capeadores pulpares após remoção parcial de cárie em dentes decíduos. 2017.Universidade de São Paulo, Bauru, 2017.
    • APA

      Stafuzza, T. C., & Oliveira, T. M. de. (2017). Estudo clínico randomizado de três materiais capeadores pulpares após remoção parcial de cárie em dentes decíduos. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Stafuzza TC, Oliveira TM de. Estudo clínico randomizado de três materiais capeadores pulpares após remoção parcial de cárie em dentes decíduos. 2017 ;
    • Vancouver

      Stafuzza TC, Oliveira TM de. Estudo clínico randomizado de três materiais capeadores pulpares após remoção parcial de cárie em dentes decíduos. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: