Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Infodemiology of dental caries (2017)


Abstract: O diagnóstico da cárie dentária pode levar as pessoas a procurar mais informações na internet, por meio de pesquisas estruturadas realizadas em buscadores digitais. Esta ação gera um volume considerável de dados que podem ser analisados para o melhor entendimento do comportamento dos usuários relacionado ao consumo de informações de saúde bucal. No entanto, as informações sobre saúde proveniente da Internet podem ser imprecisas e de baixa qualidade. Este estudo objetivou (1) avaliar o volume e perfil de buscas sobre cárie dentária realizadas pelos usuários do Google de diferentes países, e (2) determinar a leiturabilidade e qualidade da informação relacionada à cárie dentária encontrada em websites brasileiros. A variação mensal do índice Search Volume Index (SVI) relacionado à cárie dentária foi obtida na ferramenta Google Trends para o período compreendido entre janeiro de 2004 e setembro de 2016. Para a validação dos dados obtidos, os níveis de correlações entre as variações do índice SVI e do índice disability-adjusted life-years (DALYs) para cárie dentária em dentes permanentes foram determinados. Para avaliar a qualidade da informação disponível na Internet, websites foram selecionados através dos buscadores Google, Bing, Yahoo! e Baidu. Dois examinadores independentes realizaram a avaliação de 75 websites usando o questionário DISCERN e os critérios de referência JAMA. A leiturabilidade da informação escrita foi avaliada pelo uso dos escores Flesch Reading Ease (FRE), Flesch-Kincaid Grade Level (FKGL) e Férnandez-Huerta Readability Formula (FHRF). A análise estatística foi realizada com valores de P<0,05 sendo considerados significantes. Em todos os países, os resultados demostraram uma tendência crescente do aumento do interesse dos usuários do Google sobre temas relacionados à cárie dentária. As buscas mais populares foram fortemente relacionadas aos sintomas e tratamentos da cárie dentária, com menor interesse pela prevenção. O conteúdo dos websites mostrou-se de baixa qualidade em ambos os escores do DISCERN (x̅=35.68, 19-64) e do JAMA (x̅=1.12, 0-3). Os websites foram classificados como materiais de alto nível de dificuldade de leitura pelos escores do FRE e, ao contrário, como simples e acessíveis pelos escores do FHRF. Em conclusão, os dados provenientes do uso da internet poderiam auxiliar no estabelecimento das necessidades odontológicas de grupos populacionais específicos, em tempo quase-real. O consumo de informação proveniente da web está se intensificando, parecendo ter uma relação direta com a cárie dentária não tratada. As informações relacionadas à doença disponíveis em websites brasileiros foram consideradas simples, acessíveis e de baixa qualidade. Estes achados indicam a necessidade de desenvolvimento de politicas para a produção e publicação de informações relacionadas à saúde bucal, motivando os dentistas a orientarem seus pacientes na busca por websites recomendados.


Imprenta:

Data da defesa: 05.04.2017


How to cite
A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

  • ABNT

    AYALA AGUIRRE, Patricia Estefania; SILVA, Thiago Cruvinel da. Infodemiology of dental caries. 2017.[s.n.], Bauru, 2017.
  • APA

    Ayala Aguirre, P. E., & Silva, T. C. da. (2017). Infodemiology of dental caries. Bauru.
  • NLM

    Ayala Aguirre PE, Silva TC da. Infodemiology of dental caries. 2017 ;
  • Vancouver

    Ayala Aguirre PE, Silva TC da. Infodemiology of dental caries. 2017 ;