Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Bond strength of adhesive systems irradiated with ER, CR: YSGG laser (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ZABEU, GIOVANNA SPERANZA - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: ADESIVOS DENTINÁRIOS; LASER; RESISTÊNCIA A TRAÇÃO
  • Language: Inglês
  • Abstract: O uso de lasers de alta potência tem sido estudado com o objetivo de melhorar as propriedades mecânicas e biológicas da interface das restaurações em esmalte e dentina, quando irradiado sobre sistemas adesivos previamente à fotopolimerização. O laser Er, Cr: YSGG apresenta um comprimento de onda de 2780nm, comprimento onde ocorre o pico de absorção da água e hidroxiapatita, podendo apresentar uma performance favorável quando irradiado em sistemas adesivos aplicados sobre dentina. Para fornecer esta evidência, este trabalho teve o objetivo de analisar a união à dentina de diferentes sistemas adesivos irradiados com o laser Er, Cr: YSGG antes de sua polimerização. O delineamento experimental desse estudo apresentou dois fatores de variação: laser, dividido em dois níveis (Er, Cr: YSGG [E] e Controle - sem irradiação [C]) e sistema adesivo, dividido em quatro níveis (AdperTM Scotchbond Multipurpose [MP], AdperTM Single Bond 2 [SB2], ClearfilTM SE Bond [CSE], Single BondTM Universal [SBU]). A variável de resposta quantitativa foi a resistência de união, obtida por meio do teste de microtração. Oitenta molares humanos (n=10) foram obtidos e cortados para expor área de dentina oclusal. Os espécimes foram restaurados de acordo com os seus respectivos grupos e seguindo a orientação do fabricante dos materiais. Nos grupos irradiados, a irradiação do laser Er, Cr: YSGG foi feita após a aplicação do primer ou primer/adesivo nos simplificados. Após sete dias, os espécimes foram cortados para obtenção de palitos (0,64 mm2) e submetidos ao teste de microtração imediato (Instron 3342) a 0,5mm/min. O modo de fratura foi classificado de acordo com a análise da interface em microscópio digital portátil 40x.Os dados apresentaram distribuição normal e foram analisados pelo teste de análise de variância (ANOVA) a dois critérios, seguido de teste Tukey para comparações múltiplas (p<0,05). Apenas o fator adesivo apresentou diferença estatística, sendo no grupo controle o adesivo SBU similar ao SB e superior ao CSE e MP. Nos grupos irradiados, o SBU apresentou valores similares ao SB e superior ao CSE e MP, que apresentou o menor valor de resistência de união. Baseado nesses resultados, conclui-se que a variação da resistência de união foi dependente dos sistemas adesivos e a irradiação do laser não afetou o desempenho dos sistemas adesivos em dentina no período imediato.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.2017

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB2850548-10Z11b
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZABEU, Giovanna Speranza; ISHIKIRIAMA, Sérgio Kiyoshi. Bond strength of adhesive systems irradiated with ER, CR: YSGG laser. 2017.Universidade de São Paulo, Bauru, 2017.
    • APA

      Zabeu, G. S., & Ishikiriama, S. K. (2017). Bond strength of adhesive systems irradiated with ER, CR: YSGG laser. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Zabeu GS, Ishikiriama SK. Bond strength of adhesive systems irradiated with ER, CR: YSGG laser. 2017 ;
    • Vancouver

      Zabeu GS, Ishikiriama SK. Bond strength of adhesive systems irradiated with ER, CR: YSGG laser. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: