Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Geologia e potencial de mineralização dos arredores de Fortaleza de Minas (MG) (1983)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, SEBASTIAO GOMES DE - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Sigla do Departamento: GGG
  • Subjects: GEOLOGIA; MINERALOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Os traços geológicos mais gerais das Faixas dobradas proterozóicas (Grupos Araxá, Andrelândia e Canastra), bem como o seu embasamento, na parte sudoeste de Minas Gerais são abordados. Na região de Fortaleza de Minas (MG), essas litologias podem ser grupadas em 3 unidades litoestratigraficamente distintas, denominadas: Embasamento Cristalino, Cinturão Vulcano-Sedimentar, Morro do Ferro e Grupo Araxá. Localmente, as rochas que constituem o embasamento são representadas por anatexitos, migmatitos e gnaisses diversos, que mostram uma evolução estrutural similar aquela aventada - por Fiori (1974) para rochas do Complexo Silvianópolis (Fig. 16). As rochas tidas como pertencentes ao Grupo Araxá, no local, são representadas principalmente por quartzitos da Formação Canastra. Outras litologias consideradas como pertencentes a este Grupo, agora melhor caracterizadas, passam a ser parte integrante do "Cinturão Vulcano Sedimentar Morro do Ferro", modificando-se parcialmente os modelos estratigráficos até agora propostos para a área. O estudo Petrográfico das litologias que compõem o Cinturão vulcano sedimentar "Morro do Ferro" e mais especificamente aqueles que formam a "Unidade Morro do Níquel" sugerem composições originais correspondentes à perioditos, piroxenitos e subordinadamente basaltos. A complexidade estrutural da área é excepcionalmente grande, levando à um rompimento generalizado dos corpos que constituem as diferentes litologias na área, bem como àformação de diversas xistosidades e fenômenos de transposição. Dados obtidos a partir de prospecção geoquímica na área, e tratados estatisticamente, revelaram a presença de anomalias de Cromo, Níquel, Cobre e Cobalto na unidade Morro do Níquel. Com base nos modelos geotectônicos existentes na literatura para a região, nos trabalhos locais de petrografia, estrutural, estratigrafia, geoquímica, bem como dos vários indícios de mineralizações existentes na área, ) é tentada uma abordagem metalogenética (Sensu Lato), para a região de Floresta de Minas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.1983
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900004726T C331 SG.g e.3
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Sebastião Gomes de; BARBOUR, Aledir Paganelli. Geologia e potencial de mineralização dos arredores de Fortaleza de Minas (MG). 1983.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1983. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-28082015-144848/pt-br.php >.
    • APA

      Carvalho, S. G. de, & Barbour, A. P. (1983). Geologia e potencial de mineralização dos arredores de Fortaleza de Minas (MG). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-28082015-144848/pt-br.php
    • NLM

      Carvalho SG de, Barbour AP. Geologia e potencial de mineralização dos arredores de Fortaleza de Minas (MG) [Internet]. 1983 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-28082015-144848/pt-br.php
    • Vancouver

      Carvalho SG de, Barbour AP. Geologia e potencial de mineralização dos arredores de Fortaleza de Minas (MG) [Internet]. 1983 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-28082015-144848/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: