Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Processos de carstificação e hidrogeologia do Grupo Bambuí na região de Irecê-Bahia (1986)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GUERRA, ARI MEDEIROS - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Subjects: HIDROGEOLOGIA; ESPELEOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho é analisada a evolução dos processos de carstificação na seqüência carbonática do Grupo Bambuí na Chapada de Irecê (BA), com vistas a sua aplicação na elucidação do quadro hidrogeológico resultante. Nos processos de carstificação foram analisados basicamente os parâmetros água, composição química das rochas e elementos estruturais, como fatores fundamentais na evolução do processo. Como resultado da integração destes fatores evidenciou-se um quadro cárstico pouco desenvolvido em toda porção norte, evoluindo gradativamente para sul e zona de contato leste com o Grupo Chapada Diamantina, onde o carste se apresenta em fase evoluída de desenvolvimento. Ajustado a este quadro tem-se o comportamento hidrogeológico do sistema aqüífero, que se apresenta em toda porção norte como um aqüífero cárstico/fissural, passando a francamente cárstico na porção sul e nas faixas de contato leste com os quartzitos do Grupo Chapada Diamantina. Utilizou-se como base na avaliação hidrogeológica, as feições morfo-estruturais de superfície, co-relacionadas com os dados de pluviometria, piezometria, capacidade específica dos poços, variações sazonais de níveis hidrostáticos, e qualidade química das águas subterrâneas. Através do método estatístico de análise de tendência foram construídos mapas de isolinhas e superfícies de tendência sendo possível o zoneamento das áreas potencialmente mais promissoras. Nas zonas carstificadas tem-se as maiores disponibilidades de águassubterrâneas, facilitada naturalmente pelas melhores condições de armazenamento e recarga. A drenagem subterrânea é francamente subordinada aos fatores estruturais, como as falhas e grandes fissuras, que desempenham papel importante no processo. A taxa média de recarga foi estimada em 3,9% das precipitações, 23,4'10 POT. 3''m POT. 3'/ano/'Km POT. 2', o que representa '223.10 POT. 6''m POT. 3' para uma área de 9.150 'Km POT. 2' de superfície cárstica. ) Qualitativamente não existem grandes restrições ao uso das águas subterrâneas para o consumo humano, pecuário e na irrigação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.05.1986
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900006029T G934 AM.p e.3
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUERRA, Ari Medeiros; REBOUÇAS, Aldo C. Processos de carstificação e hidrogeologia do Grupo Bambuí na região de Irecê-Bahia. 1986.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1986. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-16072015-102536/pt-br.php >.
    • APA

      Guerra, A. M., & Rebouças, A. C. (1986). Processos de carstificação e hidrogeologia do Grupo Bambuí na região de Irecê-Bahia. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-16072015-102536/pt-br.php
    • NLM

      Guerra AM, Rebouças AC. Processos de carstificação e hidrogeologia do Grupo Bambuí na região de Irecê-Bahia [Internet]. 1986 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-16072015-102536/pt-br.php
    • Vancouver

      Guerra AM, Rebouças AC. Processos de carstificação e hidrogeologia do Grupo Bambuí na região de Irecê-Bahia [Internet]. 1986 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-16072015-102536/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: