Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Contribuição ao estudo das carnes suínas insuficientes, com especial referência a miopatia exsudativa e despigmentada (1978)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIBEIRO, PEDRO - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • Subjects: CARNES E DERIVADOS; SUÍNOS; INSPEÇÃO DE ALIMENTOS
  • Keywords: Carnes Suínas; Miopatias; Myopathies; Swine Meat
  • Language: Português
  • Abstract: Procurou-se verificar a importância da miopatia exsudativa e despigmentada dentro das carnes suínas classificadas em nosso meio como insuficientes. Foram examinadas 87 amostras de lombo, pernil e paleta. A inspeção macroscópica das regiões nobres foi acompanhada da avaliação de algumas características físico-químicas além de exames histológicos nos músculos subscapularis, longissimus dorsi e massa muscular formada pela fusão dos músculos adductor e gracilis em amostras atingidas e não atingidas pela afecção. O estudo também se estendeu às áreas contíguas às lesões das amostras parcialmente afetadas. Verificou-se que as regiões atingidas da carcaça apresentaram lesões visíveis após o abate, observando-se áreas pálidas e exsudativas em 34.4 por cento dos lombos, 27,5 por cento dos pernis e 10,3 por cento das paletas. A afecção manifestou-se com maior intensidade nos lombos (20 por cento ) e pernis (12.5 por cento ). Nas paletas não foram observadas lesões acentuadas. Os exames laboratoriais confirmaram que as amostras provenientes de áreas atingidas apresentavam alterações características da miopatia exsudativa e despigmentada dos suínos. O pH das carnes afetadas, 45 minutos após o abate foi menor que o das carnes normais. Nas áreas atingidas, apesar dos valores para a umidade total permanecerem inalterados, houve maior perda de líquido das fibras musculares devido a diminuição do seu poder de retenção hídrico. Constatou-se, ademais, que nas áreas contíguas às lesões,apesar da musculatura ainda apresentar aparência macroscopica normal, as características físico-químicas e as estruturas histológicas já estavam modificadas com tendência a evidenciar as alterações típicas da afecção em estudo. As fibras musculares revelavam áreas acidófilas, desaparecimento das estriações e no caso das lesões graves as mesmas apresentavam-se fragmentadas. Esses dados permitiram-nos concluir que carcaças de suínos do tipo comum, usualmente destinados ao abate no Brasil, são passíveis de apresentarem lesões devidas à miopatia exsudativa e despigmentada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 00.00.1978
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800043621614.317 3
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Pedro; PANETTA, José Cezar. Contribuição ao estudo das carnes suínas insuficientes, com especial referência a miopatia exsudativa e despigmentada. 1978.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1978. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-21122017-114211/ >.
    • APA

      Ribeiro, P., & Panetta, J. C. (1978). Contribuição ao estudo das carnes suínas insuficientes, com especial referência a miopatia exsudativa e despigmentada. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-21122017-114211/
    • NLM

      Ribeiro P, Panetta JC. Contribuição ao estudo das carnes suínas insuficientes, com especial referência a miopatia exsudativa e despigmentada [Internet]. 1978 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-21122017-114211/
    • Vancouver

      Ribeiro P, Panetta JC. Contribuição ao estudo das carnes suínas insuficientes, com especial referência a miopatia exsudativa e despigmentada [Internet]. 1978 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-21122017-114211/