Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Perfilhamento e produção da cana-de-açúcar (saccharum spp.) Em função de densidade de plantio (1988)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PRADO, ANIBAL PACHECO DE ALMEIDA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAH
  • Subjects: CANA-DE-AÇÚCAR; PLANTIO
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo estudar o perfilhamento e a produção de três variedades de cana-de-açúcar cultivadas no Estado de São Paulo em função da quantidade de mudas utilizadas no plantio. O experimento foi instalado na Fazenda Tucumã, regìão de Jaú, São Paulo em 29 de abril de 1982, em blocos ao acaso sendo consituído de 9 tratamentos e 4 repetições. Os tratamentos constaram de três variedades; NA 56-79, IAC 52-150 e SP 70-1143, e três densidades de plantio: 2 (4 gemas), 4 (8 gemas) e 6 (12 gemas) toletes por metro de sulco. As parcelas foram consituídas de seis sulcos de 12m de comprimento espaçados de 1,40m. Foram coletados dados na cana-planta e na primeira soca dos seguintes parâmetros: quantidade de colmos primários; quantidade de perfilhos por touceira; quantidade de perfilhos formados durante o ciclo vegetativo, e produção agrícola por área. Os resultados analisados permitiram as seguintes principais conclusões: 1. Na cana-planta, o máximo perfilhamento ocorre em períodos diferentes de acordo com a variedade. Para a NA 56-79 no início do mês de dezembro: para IAC 52-150 no início do mês de novembro e para SP 70-1143 no início do mês de outubro. Na primeira soca, após o corte da cana-planta realizada no mês de dezembro para as três variedades. 2, Na cana-planta são significstivas as diferenças de perfilhamento e de produção por área das variedades com a utilização no planio de dois (4 gemas), quatro (8 gemas) ou seis (12gemas) toletes por metro de sulco. Para as variedades NA 56-79 e IAC 52-150 devem ser utilizadas como densidades 6 toletes (12 gemas) por metro; para a variedade SP 70-1143 pode ser utilizada a densidade de 4 toletes (8 gemas) por metro. Na primera soca as diferenças para perfilhamento e para produção por área não são significativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.11.1988
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500012107t633.61 P896p ex.2 45596
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRADO, Anibal Pacheco de Almeida; GODOY, Oswaldo Pereira. Perfilhamento e produção da cana-de-açúcar (saccharum spp.) Em função de densidade de plantio. 1988.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1988. Disponível em: < http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20181127-155143/ >.
    • APA

      Prado, A. P. de A., & Godoy, O. P. (1988). Perfilhamento e produção da cana-de-açúcar (saccharum spp.) Em função de densidade de plantio. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20181127-155143/
    • NLM

      Prado AP de A, Godoy OP. Perfilhamento e produção da cana-de-açúcar (saccharum spp.) Em função de densidade de plantio [Internet]. 1988 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20181127-155143/
    • Vancouver

      Prado AP de A, Godoy OP. Perfilhamento e produção da cana-de-açúcar (saccharum spp.) Em função de densidade de plantio [Internet]. 1988 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20181127-155143/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: