Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Variabilidade entre genotipos de soja (glycine max (l.) Merrill) nas fases imatura e madura de desenvolvimento (1989)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, ANA LUCIA CRUZ DOS - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: VARIAÇÃO GENÉTICA; GENÓTIPOS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve como objetivo determinar a variabilidade entre 39 genótipos de soja de sementes grandes (> 20g/100 sementes) para dez caracteres avaliados na fase imatura e 15 caracteres avaliados na fase madura de desenvolvimento. A pesquisa foi conduzida na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiros", Universidade de São Paulo, Piracicaba, Estado de São Paulo. Foram utilizadas quatro repetições: duas plantadas em 14/10/85 e as outras duas em 25/11/85. Foram detectados efeitos significativos de épocas apenas para os caracteres: número de dias para o florescimento, número de dias para colheita imatura, altura da planta no florescimento e número de dias para maturidade. Os genótipos apresentaram grande variabilidade genética. A porcentagem de óleo não se mostrou associado com tamanho de sementes. O genótipo KS 739 × Akiyoshi F7 com 26 g/100 sementes, destacou-se com o menor teor de óleo (18%). O tamanho de sementes foi associado positiva e geneticamente com largura de vagens imaturas e maduras. O genótipo Majós sobressaiu-se como o mais produtivo (3.826 kg/ha). Alguns genótipos apresentaram potencialidades para participarem como parentais no desenvolvimento de novos cultivares de soja tanto do tipo hortaliça (sementes grandes) como do tipo apropriado para produção de grãos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.1989

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500090307-St633.34 S237v ex.1 47939
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Ana Lucia Cruz dos; VELLO, Natal Antonio. Variabilidade entre genotipos de soja (glycine max (l.) Merrill) nas fases imatura e madura de desenvolvimento. 1989.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1989.
    • APA

      Santos, A. L. C. dos, & Vello, N. A. (1989). Variabilidade entre genotipos de soja (glycine max (l.) Merrill) nas fases imatura e madura de desenvolvimento. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Santos ALC dos, Vello NA. Variabilidade entre genotipos de soja (glycine max (l.) Merrill) nas fases imatura e madura de desenvolvimento. 1989 ;
    • Vancouver

      Santos ALC dos, Vello NA. Variabilidade entre genotipos de soja (glycine max (l.) Merrill) nas fases imatura e madura de desenvolvimento. 1989 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: