Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Fontes de matéria orgânica na composição do substrato para produção de mudas micorrizadas de maracujazeiro (1997)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BENTO, MARGARETH MEIRELES - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: SD
  • Subjects: FRUTICULTURA; MUDAS (PRODUÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como objetivo adequar o substrato para formação de mudas micorrizadas de maracujazeiro através da adição de fontes e doses de matéria orgânica. O primeiro experimento, em esquema fatorial 2 x 6 x 2, utilizou como substrato básico uma mistura 2:1 de solo (Latossolo Roxo) e areia fumigado com brometo de metila, sendo: 2 fontes de matéria orgânica (composto de lixo urbano e esterco de curral curtido), 6 doses crescentes de cada matéria orgânica (0, 5, 10, 20 30 e 40%), inoculado ou não com um mistura de FMAs: Glonus clarum (IAC-16), Glomus sp ( IAC-28), Glomus etunicatum (IAC-42) e Glomus macrocarpum (IAC-50). O segundo, em esquema fatorial 7 x 2 empregou o mesmo substrato básico, sendo: 5 fontes de matéria orgânica na dose de 10% (esterco de curral curtido, composto de lixo urbano, vermicomposto de lixo urbano, húmus de minhoca e composto orgânico comercial), o substrato básico (controle) e a adubação recomendada (40% de esterco de curral e 0,44 g de superfosfato triplo 'kg POT.-1' substrato), inoculado ou não com a mesma mistura de FMAs. O terceiro, em esquema fatorial 7 x 2, empregou o mesmo substrato básico mas não fumigado, sendo: 7 tratamentos de adubação (40% de esterco de curral, 10% de esterco de curral, 10% de composto de lixo urbano, 10% de vermicomposto de lixo urbano, 0,44 g ST 'kg POT.-1' e 0,22 g ST 'kg POT. -1' de substrato), inoculado ou não com a mesma mistura de FMAs. Aos 90 dias após desbaste, as plantas foram colhidas edeterminou-se: altura, massa de matéria seca da parte aérea, porcentagem de comprimento de raiz colonizada, teor e quantidade acumulada de fósforo na parte aérea e índice de eficiência de utilização de fósforo. As plantas somente responderam ao substrato com compsoto de lixo urbano quando micorrizadas. Houve efeito da micorrização a partir da dose de 10% de esterco de curral curtido ao substrato. A adição de 10% de esterco de curral, 10% de composto de lixo ) urbano, 10% de composto orgânico comercial e 10% de húmus de minhoca promoveram maior desenvolvimento das plantas micorrizadas. Entretanto, as micorrizações não se igualam ao efeito do emprego de 40% de esterco de curral, o qual causou o melhor crescimento e vigor das mudas. Os fungos micorrizados arbusculares introduzidos nos substratos com adições de 10% de esterco de curral, 10% de composto de lixo urbano e 0,22 g ST 'kg POT.-1' de terra causaram maior crescimento das plantas que os fungos ativos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.05.1997

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500000059t634.425 B478f e.2 67964
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BENTO, Margareth Meireles; SILVEIRA, Adriana Parada Dias da. Fontes de matéria orgânica na composição do substrato para produção de mudas micorrizadas de maracujazeiro. 1997.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1997.
    • APA

      Bento, M. M., & Silveira, A. P. D. da. (1997). Fontes de matéria orgânica na composição do substrato para produção de mudas micorrizadas de maracujazeiro. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Bento MM, Silveira APD da. Fontes de matéria orgânica na composição do substrato para produção de mudas micorrizadas de maracujazeiro. 1997 ;
    • Vancouver

      Bento MM, Silveira APD da. Fontes de matéria orgânica na composição do substrato para produção de mudas micorrizadas de maracujazeiro. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: