Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A síndrome do ligamento cruzado anterior deficiente, relacionada à prática esportiva (1997)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FATARELLI, ISMAEL FERNANDO DE CARVALHO - EEFE
  • USP Schools: EEFE
  • Sigla do Departamento: EFE
  • Subjects: ORTOPEDIA; ACIDENTES ESPORTIVOS (PREVENÇÃO E CONTROLE)
  • Language: Português
  • Abstract: O ligamento cruzado anterior (L.C.A.) desempenha papel fundamental na biomecânica articular do joelho, restringindo o deslocamento anterior da tíbia em relação ao fêmur. Na prática esportiva, devido a movimentos rotatórios no joelho e corrida rápida com parada brusca, entre outros, esta estrutura é estressada. Nessas ocasiões, seu rompimento pode ocorrer provocando muitas vezes alterações na perfomance esportiva ou mesmo na atividade da vida diária. O presente trabalho constitui-se de estudo retrospectivo, de portadores de lesões do L.C.A. que foram submetidos à reconstrução ligamentar, observando a relação com os fatores etiológicos e evolutivos deste tipo de lesão. As lesões observadas, em número de 179, foram provenientes de Clínica Ortopédica especializada em lesões de joelho localizada na cidade de Campinas, SP. Os resultados permitem demonstrar que as lesões do L.C.A. apresentam sua gênese vinculada, na maioria das vezes, à atividade esportiva. Estas ocorrem, principalmente, sem contato físico entre os oponentes, prevalecendo o mecanismo rotacional da torção do joelho com o pé apoiado como o mais frequentemente relatado, quando investigado o mecanismo traumático da lesão inicial do L.C.A.. A modalidade futebol de campo foi a que apontou a maioria dos traumas, sendo que tal asserção não implica ser esta, a que apresenta maior risco para ocorrer as lesões, pois, são necessários estudos epidemiológicos mais específicos. (Continua)(Continuação) Outros dados importantes revelaram que cirurgias para reconstrução do L.C.A. são realizadas, mais precocemente, nos atletas profissionais em relação aos não profissionais. Na investigação das lesões meniscais associadas à ruptura do L.C.A., verificou-se incidência, duas vezes maior, nas lesões do medial em relação ao lateral. Houve evidência de que, nos casos operados até quatro meses após a lesão inicial, a ruptura ocorre principalmente no menisco lateral, enquanto que, com o avanço ) cronológico da lesão, o medial tende a ser mais afetado. Finalmente, em relação às estruturas envolvidas adicionalmente ao L.C.A. e ao ligamento colateral medial (L.C.M.) notou-se maior comprometimento com referência ao número de estruturas envolvidas em adiçãoao L.C.A. nos casos onde foi realizada a técnica de reconstrução do L.C.A. adicionada ao reparo do L.C.M., quando comparada à técnica pura de reconstrução do L.C.A. com o terço central do ligamento patelar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.01.1997

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EEFE10300011217T 796.024 F-5
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FATARELLI, Ismael Fernando de Carvalho; RODRIGUES, Rubens Lombardi. A síndrome do ligamento cruzado anterior deficiente, relacionada à prática esportiva. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Fatarelli, I. F. de C., & Rodrigues, R. L. (1997). A síndrome do ligamento cruzado anterior deficiente, relacionada à prática esportiva. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fatarelli IF de C, Rodrigues RL. A síndrome do ligamento cruzado anterior deficiente, relacionada à prática esportiva. 1997 ;
    • Vancouver

      Fatarelli IF de C, Rodrigues RL. A síndrome do ligamento cruzado anterior deficiente, relacionada à prática esportiva. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: