Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desidratação térmica e desinfecção química com cal de lodo de reator anaeróbio de manta de lodo (UASP) tratando esgotos sanitários (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MENDONÇA, LUCIANA COÊLHO - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: ESGOTOS SANITÁRIOS; SANEAMENTO BÁSICO
  • Language: Português
  • Abstract: Visando o aproveitamento do biogás produzido em reatores UASB para secagem do lodo anaeróbio produzido no mesmo, foi realizado estudo teórico para determinar se a temperatura que o lodo pode atingir é suficiente para desidratá-lo, empregando aqueima do biogás como fonte de calor. Obteve-se temperatura de 49 graus C para lodo com umidade de 99% de umidade; 77% graus C para lodo com umidade de 98%; e 100 graus C para lodo com umidade igual ou inferior a 97%. Esses resultados formaconseguidos com a utilização da produção de lodo seco per capita (10,8gSST/hab.dia) e de biogás per capita (6,21/hab.dia), que foram determinados teoricamente com base em dados da literatura sobre águas residuárias e reatores UASB, sempreassumindo as condições a favor da segurança. Os dados obtidos indicaram que, teoricamente, a queima do biogás auxilia na desidratação do lodo produzido neste reator, reduzindo tempo de secagem de 20 a 30 dias (leitos de secagem convencionais)para cerca de 5 dias. Foi estudado também desinfecção térmica a 40 e 50 graus C, simultaneamente com tratamento químico com cal, com dosagens de 10, 20, 30, 40 e 50% de cal em relação ao peso seco do lodo. Os resultados desse estudo permitiramconcluir que lodo submetido a tratamento térmico a 50 graus C, durante 5 dias, e dosado com 30% de cal (pH em torno de 12,0) pode ser aplicado no solo, após 15 dias de caiagem sem que haja prejuízo ambiental
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.02.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100006859TESE 3594
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENDONÇA, Luciana Coêlho; CAMPOS, José Roberto. Desidratação térmica e desinfecção química com cal de lodo de reator anaeróbio de manta de lodo (UASP) tratando esgotos sanitários. 1999.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1999.
    • APA

      Mendonça, L. C., & Campos, J. R. (1999). Desidratação térmica e desinfecção química com cal de lodo de reator anaeróbio de manta de lodo (UASP) tratando esgotos sanitários. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Mendonça LC, Campos JR. Desidratação térmica e desinfecção química com cal de lodo de reator anaeróbio de manta de lodo (UASP) tratando esgotos sanitários. 1999 ;
    • Vancouver

      Mendonça LC, Campos JR. Desidratação térmica e desinfecção química com cal de lodo de reator anaeróbio de manta de lodo (UASP) tratando esgotos sanitários. 1999 ;