Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estenose aórtica assintomática: fatores determinantes do prognóstico a longo prazo e importância do teste de esforço (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AMATO, MARISA CAMPOS MORAES - FM
  • USP Schools: FM
  • Subjects: CARDIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O paciente assintomático com estenose valvar aórtica grave apresenta grande risco de vida. A morte súbita pode ser a primeira manifestação da doença. Entretanto, há divergência na indicação cirúrgica. Assim, partindo da hipótese de que o teste deesforço poderia ter valor para estimar o risco de evento cardiovascular (angina, síncope e morte súbita), estudou-se, durante 60 mese, 55 pacientes assintomáticos com área valvar aórtica '< OU =' 1 'cm POT.2' medida pelo ecodoplercardiograma. Aprobabilidade dos pacientes com teste positivo apresentarem eventos é maior (p=0,0001) do que os demais. O risco estimado de evento para paciente com teste positivo é 7,64 vezes maior do que para teste negativo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.02.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700041976W4.DB8 SP.USP FM-3 A524es
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMATO, Marisa Campos Moraes. Estenose aórtica assintomática: fatores determinantes do prognóstico a longo prazo e importância do teste de esforço. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Amato, M. C. M. (1999). Estenose aórtica assintomática: fatores determinantes do prognóstico a longo prazo e importância do teste de esforço. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Amato MCM. Estenose aórtica assintomática: fatores determinantes do prognóstico a longo prazo e importância do teste de esforço. 1999 ;
    • Vancouver

      Amato MCM. Estenose aórtica assintomática: fatores determinantes do prognóstico a longo prazo e importância do teste de esforço. 1999 ;