Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito hormonal endógeno e exógeno sobre o desenvolvimento de plantas de Catasetum fimbriatum (Orchidaceae) incubadas na presença e ausência de luz (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SUZUKI, ROGERIO MAMORU - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Subjects: BOTÂNICA; ORCHIDACEAE
  • Language: Português
  • Abstract: O gênero Catasetum é constituído por mais de 100 espécies, sendo atualmente utilizado como modelo de estudos fisiológicos neste laboratório. Plantas Catasetum fimbriatum quando cultivadas in vitro no escuro apresentam estiolamento caulinar,podendo seus segmentos nodais serem utilizados para a propagação vegetativa. Neste caso, estando envolvidos diretamente gemas laterais, a ocorrência de alterações somaclonais é praticamente eliminada. O objetivo deste estudo foi verificar osefeitos da aplicação de citocininas, AIA, etileno, GA bem como de substâncias anti-etilênicas e anti-giberélicas sobre o crescimento in vitro de plantas de C. fimbriatum cultivadas na presença e ausência de luz. Foram estudados os níveisendógenos de AIA, ABA e de quatro citocininas e suas correlações com o desenvolvimento observado em ambas as condições de cultivo. Segmentos nodais formados no escuro foram incubados na presença de sustâncias reguladoras do crescimento tanto napresença quanto na ausência de luz sendo tomadas medidas de comprimento dos caules e das raízes, bem como a respectiva massa seca destas após 60 dias de cultivo. Foram estudados os níveis hormonais endógenos de plantas cultivadas na luz etransferidas para o escuro e de plantas incubadas na presença e ausência de CEPA, tanto na luz quanto no escuro. Neste estudo, os hormônios foram seoparados em HPLC e a quantificação realizada através de ELISA-indireto. A destruição enzimáticade AIA nestas plantas também foi estimada. Aaplicação de "Paclobutrazol" reduziu de forma intensa o alongamento caulinar das plantas, sendo este efeito revertido com a aplicação de GA3. O AIA parece ter influenciado favoravelmente o crescimentodas plantas crescidas na luz, enquanto que no escuro, a presença de giberelina mostrou-se mais efetiva. As plantas apresentaram uma intensa inibição caulinar e radicular quando incubadas com CEPA isoladamente, ou em conjunto com Co"Cl IND.2". ) Com relação aos níveis hormonais endógenos, observou-se a ocorrência de uma maior concentração de citocininas em relação ao AIA e destes em relação ao ABA, nos caules e raízes das plantas estudadas no claro e no escuro.Evidenciou-se ainda um aumento substancial do teor de citocininas nas plantas inicialmente cultivadas na luz e transferidas para o escuro. O nível endógeno elevado deste hormônio em relação ao de AIA parece ser o responsável pela capacidade dosexplantes nodais originarem novas plantas quando cultivadas in vitro sem a adição de reguladores de crescimento. A destruição enzimática de AIA revelou que este processo apresenta uma importância relevante para o controle do nível endógeno deauxina nas plantas de C. fimbriatum. Tal resultado, leva a acreditar que esta pode ser a principal via de catabolismo do AIA nestas plantas. As abordagens utilizadas no presente estudo permitem estabelecer algumas correlações entre odesenvolvimento das plantas na presença ou ausência de luz e os níveis hormonais endógenos eexógenos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.10.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000002078M-884
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SUZUKI, Rogério Mamoru; KERBAUY, Gilberto Barbante. Efeito hormonal endógeno e exógeno sobre o desenvolvimento de plantas de Catasetum fimbriatum (Orchidaceae) incubadas na presença e ausência de luz. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Suzuki, R. M., & Kerbauy, G. B. (1999). Efeito hormonal endógeno e exógeno sobre o desenvolvimento de plantas de Catasetum fimbriatum (Orchidaceae) incubadas na presença e ausência de luz. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Suzuki RM, Kerbauy GB. Efeito hormonal endógeno e exógeno sobre o desenvolvimento de plantas de Catasetum fimbriatum (Orchidaceae) incubadas na presença e ausência de luz. 1999 ;
    • Vancouver

      Suzuki RM, Kerbauy GB. Efeito hormonal endógeno e exógeno sobre o desenvolvimento de plantas de Catasetum fimbriatum (Orchidaceae) incubadas na presença e ausência de luz. 1999 ;