Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estratégias de "coping" em psicólogos do serviços básicos e ambulatoriais de saúde pública (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIBEIRO, DIANA PANCINI DE SÁ ANTUNES - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: PSICOLOGIA CLÍNICA; SAÚDE PÚBLICA; ESTRESSE; ENFRENTAMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: Trata-se de pesquisa que investiga e analisa as estratégias predominantes de coping utilizadas por um grupo de psicólogos que atua em Unidades Básicas e Unidades Ambulatoriais de Saúde Pública. Determina o perfil sócio-demográfico dos sujeitos e relaciona suas respostas de coping com diferenças individuais e funcionais. Os sujeitos são 33 psicólogos que trabalham em instituições de saúde pública na área de abrangência da VIII Direção Regional de Saúde do Estado de São Paulo. O instrumento de coleta de dados é o Inventário sobre Superação do Stress Profissional (ISSP), de Moos e Schaefer (1993), traduzido e adaptado para este estudo. Efetua o tratamento dos dados coletados de forma quantitativa e qualitativa, através de análise estatística e a partir da bibliografia consultada, respectivamente. Caracteriza o perfil sócio-demográfico do grupo de sujeitos como constituído, em sua maioria, por psicólogos jovens (com idade entre 26 e 35 anos), do sexo feminino, casados, sem filhos ou com apenas um, que trabalham em Postos de Saúde em tempo integral, com pouco tempo de serviço nestes (entre 2 e 5 anos), pertencendo à equipes multiprofissionais, sendo efetivos na função que exercem. Conclui que este grupo de sujeitos utiliza, significativamente, mais estratégias de coping da dimensão de confronto do que da de evasão, organizadas no ISSP. Esta conclusão indica que os sujeitos desta investigação, por estarem utilizando mais estratégias de coping de) confrontonas situações de stress ocupacional, tendem a apresentar mais saúde e bem-estar. Além disso, não foram encontradas relações entre variáveis socio-demográficas e respostas de coping. Realiza considerações, notadamente metodológicas, e sugestões de pesquisas sobre aspectos ligados ao problema investigado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.08.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300003493T BF336.C5 R484e e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Diana Pancini de Sá Antunes; PEREZ-RAMOS, Aydil Macedo de Queiroz. Estratégias de "coping" em psicólogos do serviços básicos e ambulatoriais de saúde pública. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Ribeiro, D. P. de S. A., & Perez-Ramos, A. M. de Q. (1999). Estratégias de "coping" em psicólogos do serviços básicos e ambulatoriais de saúde pública. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ribeiro DP de SA, Perez-Ramos AM de Q. Estratégias de "coping" em psicólogos do serviços básicos e ambulatoriais de saúde pública. 1999 ;
    • Vancouver

      Ribeiro DP de SA, Perez-Ramos AM de Q. Estratégias de "coping" em psicólogos do serviços básicos e ambulatoriais de saúde pública. 1999 ;