Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização dos isolados de Saccharomyces cerevisiae obtidos de fermentador contínuo operando a temperaturas elevadas (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GANDRA, RINALDO FERREIRA - ICB
  • USP Schools: ICB
  • Sigla do Departamento: BMM
  • Subjects: MICROBIOLOGIA; TEMPERATURA
  • Language: Português
  • Abstract: Uma população mista de células de levesuras desenvolveu-se durante a operação de um sistema de fermentação contínua com reciclo de células, a altas temperaturas. As altas temperaturas (35-47°C) aplicadas ao sistema resultaram em intensa esporulação e recombinação na população de células. Os isolados (244) obtidos nesse sistema foram organizados em sete grupos de acordo com suas propriedades genéticas, fisiológicas e morfológicas: 15 isolados mostrando deficiência nutricional, reação positiva de acasalamento, não cresceram a 42-44°C (Grupo I); 7 isolados que não apresentam deficiência nutricional, não assimilaram lidina, apresentaram reação positiva de acasalamento e não cresceram a 42-44°C (Grupo II); 13 isolados mostrando assimilação negativa de lisina, reação positiva de acasalamento e não cresceram a 42-44°C (Grupo III); 55 isolados com reação positiva de acasalamento, esporulação negativa, assimilação positiva de lisina, crescimento a 42-44°C, transição morfológica (células muito alongadas e pseudohifas) induzida pelo crescimento a 42-44°C (Grupo IV); 14 isolados com reação negativa de acasalamento, esporulação negativa, assimilação negativa de lisina, transição morfológica da célula induzida pelo crescimento a 42-44°C (Grupo V); 117 isolados mostrando esporulação positiva, assimilação negativa de lisina, não cresceram a 42-44°C (Grupo VI, semelhante a linhagem parental usada como inóculo do sistema de fermentação); 23 isolados mostrando esporulaçãopositiva, assimilação positiva de lisina, cresceram a 42-44°C, transição morfológica induzida por crescimento a 42-44°C (Grupo VII). Todos os isolados mostraram assimilação negativa para lactose, inositol e nitrato. Entretanto, todos foram capazes de fermentar sacarose, e assimilarem maltose e galactose. Os perfis cromossômicos obtidos para 2-3 isolados de cada grupo sugerem que eles pertencem ao gênero Saccharomyces ou são mutantes, visto que o sistema ) de fermentação foi operado sob condições assépticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.09.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ICB12100011645T-ICB BMM QW4 C568c 1999
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CIDES, Elaine Rodrigues; LALUCE, Cecilia. Caracterização dos isolados de Saccharomyces cerevisiae obtidos de fermentador contínuo operando a temperaturas elevadas. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Cides, E. R., & Laluce, C. (1999). Caracterização dos isolados de Saccharomyces cerevisiae obtidos de fermentador contínuo operando a temperaturas elevadas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Cides ER, Laluce C. Caracterização dos isolados de Saccharomyces cerevisiae obtidos de fermentador contínuo operando a temperaturas elevadas. 1999 ;
    • Vancouver

      Cides ER, Laluce C. Caracterização dos isolados de Saccharomyces cerevisiae obtidos de fermentador contínuo operando a temperaturas elevadas. 1999 ;