Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização de lagartos microteídeos do gênero Calyptommatus (Squamata, Gymnophthalmidae) através da análise de fragmentos de restrição do DNA mitocondrial (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMPOS, CLACIRA VALESKA DE ARRUDA - IB
  • USP Schools: IB
  • Subjects: GENÉTICA ANIMAL; RÉPTEIS
  • Language: Português
  • Abstract: O gênero Calyptommatus de lagartos microteídeos compreende três espécies, C. leiolepis, C. nicterus e C. sinebrachiatus, endêmicas da região de dunas do rio São Francisco. As três espécies são alopátricas, apesar de sua distribuição geográficarestrita: C. nicterus e C. sinebrachiatus localizam-se à margem direita do rio, nas regiões de Vacaria e Santo Inácio, respectivamente, e C. leiolepis localiza-se à margem esquerda, nas regiões de Alagoado, Barra e Queimadas. Este grupo foi anteriormente analisado morfológica (Rodrigues, 1991a), alozímica (Martins, 1997) e cariotipicamente (Yonenaga-Yassuda, et al, 1998) e, no entanto, as relações filogenéticas entre as suas espécies não puderam ser definidas. No presente estudo foram analisados polimorfimos de fragmentos de restrição de DNAmit; foram detectados 41 sítios de restrição, o que permitiu a caracterização de polimorfismos de sítio, bem como polimorfismos de tamanho. Os polimorfismos de tamanho detectados em C. nicterus, e em C. leiolepis de Barra e Alagoado, envolvem alterações da ordem de 400 pb, provavelmente localizadas na região controle da molécula. Quanto às variações de sítio, foram constatados índices relativamente baixos de diversidade de nucleotídeos nas populações analisadas, sendo menores nas populações de C. nicterus e C. leiolepis de Barra e Queimadas. Nas populações de C. leiolepis de Alagoado e de C. sinebrachiatus foram detectados graus de polimorfimos maiores, o que sugereque essas populações estejam passando por um processo de recuperação de diversidade, após terem sofrido possíveis reduções populacionais. De acordo com os dados do DNAmit, a história evolutiva do gênero Calyptommatus dataria de milhões de anos e não de alguns milhares, como originalmente proposto por Rodrigues (1986): os eventos que determinaram a especiação C. leiolepis/C.sinebrachiatus - C. nicterus aparentemente teriam ocorrido há 2,0 e 4,0 milhões de anos. ) Os dados moleculares aqui apresentados confirmam a monofilia do gênero Calyptommatus, bem como das populações coespecíficas de C. leiolepis. Foi também detectada uma grande diferenciação entre C. sinebrachiatus e C. leiolepis, e C.nicterus mostrou-se igualmente próxima à estas duas espécies. Entretanto, a filogenia do grupo não pôde ser totalmente resolvida com este marcador
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.11.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000002900M-905
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMPOS, Clacira Valeska de Arruda; BENOZZATI, Maria Lúcia. Caracterização de lagartos microteídeos do gênero Calyptommatus (Squamata, Gymnophthalmidae) através da análise de fragmentos de restrição do DNA mitocondrial. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Campos, C. V. de A., & Benozzati, M. L. (1999). Caracterização de lagartos microteídeos do gênero Calyptommatus (Squamata, Gymnophthalmidae) através da análise de fragmentos de restrição do DNA mitocondrial. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Campos CV de A, Benozzati ML. Caracterização de lagartos microteídeos do gênero Calyptommatus (Squamata, Gymnophthalmidae) através da análise de fragmentos de restrição do DNA mitocondrial. 1999 ;
    • Vancouver

      Campos CV de A, Benozzati ML. Caracterização de lagartos microteídeos do gênero Calyptommatus (Squamata, Gymnophthalmidae) através da análise de fragmentos de restrição do DNA mitocondrial. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: