Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Comportamento fotofísico e fotoquímico de complexo de rênio (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ITOKAZU, MELINA KAYOKO - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: FOTOQUÍMICA INORGÂNICA; COMPOSTOS ORGANOMETÁLICOS
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho foi realizado o estudo do comportamento fotoquímico do trans-1,2-bis-(4-piridil)etileno, t-bpe, e do complexo fac-(Re'(CO) IND. 3' (phen)(t-bpe)]P'F IND. 6' em solução metanólica. A fotólise do complexo fac-[Re'(CO)IND. 3'(phen)(t-bpe)IP'F IND. 6' sob irradiação a 313, 334 ou 365 nm conduziu à variação espectral com pontos isosbésticos bem definidos a 230, 270 e 380 nm. O mesmo comportamento foi observado para o ligante livre t-bpe. Essas variações espectrais são decorrentes do processo de fotoisomerizaçao trans 'seta' cís do ligante t-bpe. Os rendimentos quânticos, 'fi', da reação de fotoisomerização foram calculados baseando-se no decaimento espectral das bandas de absorção das transições eletrônicas. O valor médio determinado para a fotoisomeriação do ligante livre sob excitação a 313 nm e 0,17 '+ OU -'0,03. Os valores médios de 'fi' para o ligante livre protonado (pH 1,9) irradiado a 313 ou 334 nm são 0,19 '+ OU -' 0,02 e 0,15 '+ OU-' 0,01, respectivamente. Os valores médios de 'fi' determinados para o ligante coordenado são 0,3 '+ OU -' 0,02, 0,35 0,03 e 0,25 '+ OU -' 0,02, respectivamente, sob excitação a 313, 334 ou 365 nm, e maiores do que aqueles obtidos para o ligante livre. Além da síntese e caracterização espectral do fac-[Re'(CO) IND. 3'(phen)(c-bpe)]P'F IND. 6', a fotoisomerização do ligante livre t-bpe e do mesmo coordenado foi confirmada também por RMN de 'ANTIPOT. 1 H'. Os espectros de RMN apresentam o aparecimento denovos picos relacionados com a formação das espécies cís e um deslocamento geral desses sinais para as regiões de campo alto. As medidas de emissão obtidas com o tempo de fotó1ise mostraram um aumento drástico da intensidade da luminescência centrada a 570 nm, relacionada à formação do complexo com o ligante t-bpe na forma cís. Essa característica, típica de dispositivos moleculares, pode ser convenientemente explorada, tais como em fotointerruptores, usando ) complexos de metais de transição especialmente projetados para desempenhar funções úteis. O trabalho mostra uma forma interessante de fotossensibilizar um substrato orgânico usando o fato de que a coordenação estende a sensibilidade do ligante numa região de comprimento de onda maior e promovendo a fotoisomerização assistida pela complexação em energias menores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100002257T 546.55 I89c
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ITOKAZU, Melina Kayoko; IHA, Neyde Yukie Murakami. Comportamento fotofísico e fotoquímico de complexo de rênio. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Itokazu, M. K., & Iha, N. Y. M. (1999). Comportamento fotofísico e fotoquímico de complexo de rênio. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Itokazu MK, Iha NYM. Comportamento fotofísico e fotoquímico de complexo de rênio. 1999 ;
    • Vancouver

      Itokazu MK, Iha NYM. Comportamento fotofísico e fotoquímico de complexo de rênio. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: