Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Resistência à corrosão por pite de compósitos de matriz de alumínio reforçada com carbeto de silício em meios contendo cloreto (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASTRO, MARIA LEONORA DE - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Subjects: ALUMÍNIO
  • Language: Português
  • Abstract: Um dos principais obstáculos para a incorporação dos compósitos de matriz metálica nas aplicações de engenharia é a influência dos reforços na resistência à corrosão. O objetivo principal deste trabalho foi estudar a resistência à corrosão porpite dos compósitos de matriz de alumínio Al 1100 reforçada com partículas de carbeto de silício (SiC), em meio contendo íons cloreto, utilizando-se da técnica eletroquímica potenciodinâmica. Os compósitos contendo diferentes porcentagens volumétricas, 5, 10 e 20% e diferentes tamanhos médios, 27 'micrometros' e 43 'micrometros', de partículas de 'SI'C foram fabricados pelo processo de Metalurgia do Pó. Os compósitos foram comparados com duas matrizes sem reforço: uma produzida por Metalurgia do Pó (1100P) e outra pelo processo de metalurgia líquida (1100L) seguido de extrusão. As melhores condições para os ensaios eletroquímicos foram: acabamento superficial das amostras com diamante 1 'micrometro', cinco minutos de imersão antes da polarização em solução naturalmente aerada 0,01 N NaCl e polarização iniciada a 600 mV abaixo do potencial de circuito aberto, com velocidade de varredura igual a 1 mV/s. Os compósitos com partículas de SiC de 43 'micrometros', nas três composições, e a matriz sem reforço produzido por Metalurgia do Pó (1100P) apresentaram valores de potencial de pite muito similares. O compósito com 10% de partículas de SiC de 27 'micrometros' apresentou melhor resistência à corrosão por pite dentre todos osmateriais pesquisados. A resistência à corrosão por pite dos compósitos de matriz de alumínio Al 1100 reforçada com partículas de 'SI'C foi muito influenciada pela presença de porosidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.11.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPMT31800004166FD-2547
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTRO, Maria Leonora de; ALONSO-FALLEIROS, Neusa. Resistência à corrosão por pite de compósitos de matriz de alumínio reforçada com carbeto de silício em meios contendo cloreto. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Castro, M. L. de, & Alonso-Falleiros, N. (1999). Resistência à corrosão por pite de compósitos de matriz de alumínio reforçada com carbeto de silício em meios contendo cloreto. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Castro ML de, Alonso-Falleiros N. Resistência à corrosão por pite de compósitos de matriz de alumínio reforçada com carbeto de silício em meios contendo cloreto. 1999 ;
    • Vancouver

      Castro ML de, Alonso-Falleiros N. Resistência à corrosão por pite de compósitos de matriz de alumínio reforçada com carbeto de silício em meios contendo cloreto. 1999 ;