Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Características da adsorção de ciclohexanol e N-propanol sobre Au(210) e Au(111) analisadas por espectroscopia de impedância eletroquímica (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FELICIANO, RICHARD - IQSC
  • USP Schools: IQSC
  • Subjects: ELETROQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho são analisados alguns aspectos da aplicabilidade da técnica de espectroscopia de impedância a.c. a estudos de interfaces eletrodo sólido/solução, na ausência de processos faradaicos. Para tal, forma selecionados eletrodos de ouro com orientações cristalográficas (111) e (210) e uma solução contendo 0,5 e 0,01 mol 'L POT.-1' de KF, como eletrolito suporte, e ciciohexanol e n-propanol, cuja concentração foi variada de 0,01 a 0,361 mol 'L POT.-1'. Os dados experimentais foram analisados através do programa EQUICRT, o qual se utiliza de rotinas de ajuste por mínimos quadrados não lineares, atribuindo a interface eletrodo sólido/solução um comportamento descrito por um circuito equivalente composto de uma resistência em série com um elemento de fase constante. Os resultados destes ajustes, por sua vez, foram analisados através da dependência com o potencial do eletrodo de dois parâmetros a saber: o fator pré-exponencial, 'Y IND.0', e o expoente, n 'IND.f.', relacionado ao deslocamento do ângulo de base. Para o ciclohexanol, foram feitos estudos de capacidade variando a freqüência e para freqüência fixa, comparando com a presente na literatura. Também para o ciclohexanol, experimentos de cronoulometria foram apresentados para comparar com as aproximações feitas para o cálculo de capacitância para medidas de impedância a freqüência fixa. Desta análise pode-se observar a influência da orientação cristalográfica, da concentração do eletrólito suportee da natureza do orgânico nos parâmetros de ajuste dos resultados de impedância. O ciclohexanol tem duas possibilidades de orientação na superfície do eletrodo, enquanto que o n-propanol somente uma. Outra importante observação é a quantidade de informações que pode ser extraída pela aplicação de espectroscopia de impedância eletroquímica a estudos de processos de adsorção comparado com a técnica cronocoulometria
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.11.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IQSC30800002393T1113
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FELICIANO, Richard; MOTHEO, Artur de Jesus. Características da adsorção de ciclohexanol e N-propanol sobre Au(210) e Au(111) analisadas por espectroscopia de impedância eletroquímica. 1999.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1999.
    • APA

      Feliciano, R., & Motheo, A. de J. (1999). Características da adsorção de ciclohexanol e N-propanol sobre Au(210) e Au(111) analisadas por espectroscopia de impedância eletroquímica. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Feliciano R, Motheo A de J. Características da adsorção de ciclohexanol e N-propanol sobre Au(210) e Au(111) analisadas por espectroscopia de impedância eletroquímica. 1999 ;
    • Vancouver

      Feliciano R, Motheo A de J. Características da adsorção de ciclohexanol e N-propanol sobre Au(210) e Au(111) analisadas por espectroscopia de impedância eletroquímica. 1999 ;