Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aspectos epidemiológicos da tuberculose em São José do Rio Preto-SP, de 1993 a 1998, a partir das notificações da doença em um hospital escola (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GAZETTA, CLÁUDIA ELI - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: ENFERMAGEM EM SAÚDE PÚBLICA
  • Language: Português
  • Abstract: A Tuberculose continua a ser um dos maiores problemas de saúde pública em países em desenvolvimento, apesar de todo o conhecimento existente sobre os meios de prevenção a combate Buscando uma melhor compreensão da realidade epidemiológica encontrada em um Centro de Referência da doença em São José do Rio Preto - SP, este estudo teve como objetivo uma análise retrospectiva dos aspectos epidemiológicos da Tuberculose em pacientes notificadas pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica da FANFARRICE- Fundação Faculdade Regional de Medicina, através de análise dos dados de 604 fichas de notificação da doença, referentes ao período de 1993 a 1998 Foram coletados dados das seguintes variáveis: as relacionadas às características pessoais a sócio-demográficas, as relacionadas às características da doença e dados referentes às características do atendimento. A partir das informações obtidas com esta pesquisa, pode se estabelecer um perfil epidemiológica dos casos de tuberculose na FANFARE, no período de 1993 a 1998 e evidenciar os problemas que podem influenciar as ações que vem sendo desenvolvidas no Programa de Controle da Tuberculose, naquela instituição. Assim, os resultados de maior destaque foram: predomínio da doença em homens (75,6%), na faixa etária de 20 a 40 anos (55,6%) e classes sociais mais baixas. Quanto às características da doença, 72,4% eram da forma pulmonar e das extrapulmonares destacou-se a forma ganglionar com 9,3%. O motivo principal da procura peloserviço dos casos notificados foi espontâneo (48,8%), sendo 22,2% dos encaminhados relacionados a AIDS. Dos casos notificados, 49,3% apresntaram resultados de elucidação diagnóstica (51,3%) a AIDS (25,3%). Quanto às doenças associadas, a AIDS apresentou 58,6%, alcoolismo 2,6%, diabetes 5,6% e dornças cardiovasculares 6,1%. Destaca-se, neste estudo, um alto percentual de respostas em branco especialmente para as variáveis escolaridade (94,2%), ) procedência (87,9%) e motivo da saída do programa (76,5%). Isto revela a necessidade de se orientar e supervisionar mais as equipes de saúde sobre a importância do registro de informações das doenças de notificação compulsória. Há que se implementar novas ações de orientação da equipe no Programa de Controle de Tuberculose, nos serviços de saúde, visando uma vigilância epidemiológica mais efetiva para essa doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200005926T1722
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GAZETTA, Cláudia Eli; TAKAYANAGUI, Ângela Maria Magosso. Aspectos epidemiológicos da tuberculose em São José do Rio Preto-SP, de 1993 a 1998, a partir das notificações da doença em um hospital escola. 1999.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1999.
    • APA

      Gazetta, C. E., & Takayanagui, Â. M. M. (1999). Aspectos epidemiológicos da tuberculose em São José do Rio Preto-SP, de 1993 a 1998, a partir das notificações da doença em um hospital escola. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gazetta CE, Takayanagui ÂMM. Aspectos epidemiológicos da tuberculose em São José do Rio Preto-SP, de 1993 a 1998, a partir das notificações da doença em um hospital escola. 1999 ;
    • Vancouver

      Gazetta CE, Takayanagui ÂMM. Aspectos epidemiológicos da tuberculose em São José do Rio Preto-SP, de 1993 a 1998, a partir das notificações da doença em um hospital escola. 1999 ;