Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Taxonomia de Mazama rafinesque, 1817 do Brasil (Artiodactyla, Cervidae) (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROSSI, ROGÉRIO VIEIRA - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO); ZOOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Analisei 431 exemplares (peles e crânios) de Mazama rafinesque, 1817 do Brasil, depositados em coleções brasileiras públicas e particulares. Examinei caracteres externos de pelagem e coloração, além de caracteres morfológicos e morfométricoscranianos. Reconheci quatro espécies - Mazama nana, M. gouazoupira, M. nemorivaga e M. americana, que podem ser distinguidas por caracteres de coloração e medidas cranianas, tais como a coloração geral, a coloração das ancas e no dorso da cauda,a coloração no abdome, a proporção das faixas de pigmentos nos pelos do corpo, a largura da bula timpânica, o diâmetro vertical da órbita ocular e a largura do zigomático. As espécies apresentam grande variação individual e polimorfismo,sobretudo em caracteres morfológicos cranianos, tornando-os pouco utéis na diagnose das espécies. A espécie M. nana apresenta a menor distribuição, restrita ao sul do rio Paranapanema. M. nemorivaga apresenta distribuição amazônica, complementarà distribuição de M. gouazoupira. Estas duas espécies estão em simpatria no norte do Mato Grosso e ao sul do Maranhão. Um registro de M. nemoviraga para o Espírito Santo precisa ser confirmado mediante coletas na região. A espécie M. americanadistribui-se por quase todo o Brasil, não tendo sido coletado nenhum no nordeste brasileiro. De maneira geral, exemplares de M. gouazoupira são maiores no sul e menores no nordeste do Brasil. M. nemorivaga não apresentou variaçãogeográficasignificativa e M. nana não pode ser analisada neste sentido. Exemplares de M. americana provenientes do litoral sul e sudeste do Brasil apresentam-se parcialmente diferenciados dos exemplares do interior, nas dimensões cranianas e na coloraçãoda região da cabeça e pescoço. Uma breve sinonímia, extensas diagnose e a descrição são fornecidas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000010564M-944
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROSSI, Rogério Vieira; VIVO, Mario de. Taxonomia de Mazama rafinesque, 1817 do Brasil (Artiodactyla, Cervidae). 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Rossi, R. V., & Vivo, M. de. (2000). Taxonomia de Mazama rafinesque, 1817 do Brasil (Artiodactyla, Cervidae). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rossi RV, Vivo M de. Taxonomia de Mazama rafinesque, 1817 do Brasil (Artiodactyla, Cervidae). 2000 ;
    • Vancouver

      Rossi RV, Vivo M de. Taxonomia de Mazama rafinesque, 1817 do Brasil (Artiodactyla, Cervidae). 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: