Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Processo de enfermagem: uma proposta de ensino através da pedagogia da problematização (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NAKATANI, ADELIA YAEKO KYOSEN - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: ENFERMAGEM (ESTUDO E ENSINO)
  • Language: Português
  • Abstract: A forma como vem sendo conduzido o ensino pode representar um obstáculo para a aquisição das habilidades de pensar, refletir e tomar decisões, influenciando no enfrentamento dos problemas da prática do Processo de Enfermagem. O presente estudotem como objetivo analisar a implementação de uma proposta de ensino de Processo de Enfermagem através da Pedagogia da Problematização, concretizada pelo Método do Arco. Trata-se de uma pesquisa-ação realizada na Faculdade de Enfermagem daUniversidade Federal de Goiás, nos anos de 1998 a 1999. Os sujeitos foram alunas do 2° ano do Curso de Graduação em Enfermagem, matriculados na disciplina Metodologia da Assistência de Enfermagem. Utilizou-se, para a coleta de dados, osrelatórios de atividades e as auto-avaliações das alunas, os registros de campo e os instrumentos de avaliação cognitiva, afetiva e psico-motora. A avaliação dos relatórios foi realizada através das diretrizes estabelecidas para o ensino de cadafase, sendo que a maioria obteve escores de médio a ótimo (3 a 5), à exceção da fase de Avaliação da Assistência de Enfermagem, com escores 1 e 2. Na avaliação afetiva, a maioria das alunas referiu-se ao fato de que a implementação das fases doProcesso de Enfermagem não ocorre como recomendado na literatura, manifestando a importância desse processo para a melhoria da qualidade da assistência e a vontade de utilizá-to em sua prática profissional. A avaliação psicomotora foi realizadaatravés de exame fisico pulmonar e deimplementação de procedimentos técnicos. Mais de 50% das alunas obteve escores entre 4 e 5 nos itens de inspeção e ausculta, apresentando dificuldades no desempenho das habilidades de palpação a percussão.Os escores obtidos na avaliação de implementação dos procedimentos variou entre 4 e 5. A avaliação cognitiva das fases do Processo de Enfermagem foi realizada através de prova escrita com média de notas entre 33,4 e 51,4 para um máximo de ) 100 pontos. As diferenças entre a avaliação escrita e os relatórios podem ser decorrentes do tipo de domínio medido a/ou da estratégia de avaliação. As diretrizes traçadas para o ensino, as estratégias de ensino e de avaliação, asfacilidades, as dificuldades e os anseios apontados pelas participantes do trabalho em relação à temática poderão ser úteis para desencadear discussões sobre o ensino do Processo de Enfermagem. Apesar de não se poder estender os resultados daexperiência a outros grupos, espera-se que esta investigação possa contribuir com profissionais enfermeiros a com docentes que queiram adotar a Pedagogia da Problematização, desencadeando discussões em torno de um projeto pedagógico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.03.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200005950T1789
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAKATANI, Adélia Yaeko Kyosen; CARVALHO, Emília Campos de. Processo de enfermagem: uma proposta de ensino através da pedagogia da problematização. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Nakatani, A. Y. K., & Carvalho, E. C. de. (2000). Processo de enfermagem: uma proposta de ensino através da pedagogia da problematização. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Nakatani AYK, Carvalho EC de. Processo de enfermagem: uma proposta de ensino através da pedagogia da problematização. 2000 ;
    • Vancouver

      Nakatani AYK, Carvalho EC de. Processo de enfermagem: uma proposta de ensino através da pedagogia da problematização. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: