Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Poéticas do acaso: acidentes e encontros na criação artística (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ENTLER, RONALDO - ECA
  • USP Schools: ECA
  • Sigla do Departamento: CAC
  • Subjects: CRIAÇÃO ARTÍSTICA; TEORIA DA ARTE; ESTÉTICA (ARTE)
  • Language: Português
  • Abstract: Há uma série de idéias sedimentadas em nosso senso comum que parecem tornar inconciliáveis os processos da arte e do acaso. A arte está associada a um "saber fazer" e é, portanto, fruto de uma intenção e não de um acidente. E mesmo quandopensamos num trabalho mais intuitivo, menos refletido, ainda se espera que a arte mantenha uma ligação íntima com aquele que a produz. De qualquer forma, não há espaço para interferências externas a essa relação sujeito-obra. Se as deduçõestradicionais da arte negam ou desconsideram o acaso, o século XX nos oferece uma produção que recorre a ele de modo cada vez mais contundente. Essas experiências alcançaram por conta própria um grande reconhecimento mas, ainda assim, não deixamde gerar uma situação incômoda quando se trata de pensar mais abstratamente a validade de seus processos. Tomando o acaso como cruzamento de causas independentes, buscamos questionar visões excessivamente egocêntricas que esgotam asdeterminações da arte nas intenções e na subjetividade do indivíduo. Resgatando a complexidade dos processos estéticos, procuramos evidenciar a validade e a riqueza de experiências que se abrem a uma outra gama de determinações e que colocamesse indivíduo em diálogo com outras forças produtivas, incluindo outras subjetividades. Legitimada tal abertura, analisamos o trabalho de alguns artistas que não apenas aceitam a presença do acaso, mas o colocam conscientemente como um operadorfundamental de suas obras, constituindo aquiloque chamamos de "poéticas do acaso". Assim como em muitas outras investidas da arte contemporânea, essa situação nào deixa de abalar uma série de referências que nos tem servido para definir oslimites da arte. Dentre as rupturas em questão, a mais significativa é aquela que lança o sujeito - tanto o artista quanto o espectador - para uma posição menos totalitária: a experiência estética deixa de ser exclusivamente a manisfestação deum saber ou ) de um sentimento, e se assume como um universo pleno de movimentos, onde esse sujeito age ao mesmo tempo em que se transforma
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.06.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ECA20100044322t701.15 E61p e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ENTLER, Ronaldo; PLAZA GONZALEZ, Júlio. Poéticas do acaso: acidentes e encontros na criação artística. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Entler, R., & Plaza Gonzalez, J. (2000). Poéticas do acaso: acidentes e encontros na criação artística. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Entler R, Plaza Gonzalez J. Poéticas do acaso: acidentes e encontros na criação artística. 2000 ;
    • Vancouver

      Entler R, Plaza Gonzalez J. Poéticas do acaso: acidentes e encontros na criação artística. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: