Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Sistema visual humano: curvas de sensibilidade e filtragem de freqüências angulares, radiais e radiais/angulares (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, NATANAEL ANTONIO DOS - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: PSICOFÍSICA; PSICOLOGIA EXPERIMENTAL; PERCEPÇÃO (PSICOLOGIA); NEUROFISIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi caracterizar a resposta do sistema visual humano para estímulos elementares definidos em um sistema de coordenadas polares. Para isso utilizamos a função de sensibilidade ao contraste (CSF) que fornece a descriçãomais completa da função visual. Assim, mensuramos a curva de sensibilidade ao contraste para estímulos de freqüências radiais (l/rCSF) (função de Bessel, JO), angulares (l/aCSF), radiais/angulares acopladas (l/raCSF) e grade senoidal (CSF),utilizando um método de escolha forçada. Mensuramos também as curvas de resposta de filtros de freqüências angulares cujas freqüências de teste foram 1, 2, 3, 4, 8, 16 e 24 ciclos com um método de somação de resposta supra-limiar. Os resultadosmostraram sensibilidade máxima para a curva de sensibilidade ao contraste de freqüências angulares em 24 ciclos. Esta sensibilidade foi da ordem de duas vezes maior que aquela obtida para 3 cpg na curva de sensibilidade ao contraste para gradesenoidal, e sete vezes maior que aquela obtida para l cpg na curva de sensibilidade ao contraste para estímulos radiais. O acoplamento de 4 ciclos a freqüências radiais com perfil J4 causou um aumento na sensibilidade de pelo menos 1,6 vezes emrelação à curva de sensibilidade ao contraste para estímulos radiais. Para os filtros angulares de banda estreita os resultados mostraram que, para as fases escolhidas arbitrariamente, somação máxima de limiares de contraste ocorreu nasfreqüências de teste dos filtrosde 1, 2, 3, 4 e 8 ciclos. Tanto para o filtro de 16 quanto para 24 ciclos, somação máxima ocorreu nos harmônicos vizinhos inferiores. No caso do filtro 16 ciclos, ocorreu uma somação relativamente forte em 8ciclos; já no filtro de 24 ciclos, na freqüência de teste, a inibição foi quase máxima. Interpretamos estes resultados como sendo consistentes com a possibilidade de que o processamento de freqüências espaciais pelo sistema visual humano seja ) definido a priori em termos de coordenadas polares
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.02.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300004760T BF241 S237si e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Natanael Antonio dos; BRITTO, Luiz Roberto Giorgetti de. Sistema visual humano: curvas de sensibilidade e filtragem de freqüências angulares, radiais e radiais/angulares. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Santos, N. A. dos, & Britto, L. R. G. de. (2000). Sistema visual humano: curvas de sensibilidade e filtragem de freqüências angulares, radiais e radiais/angulares. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Santos NA dos, Britto LRG de. Sistema visual humano: curvas de sensibilidade e filtragem de freqüências angulares, radiais e radiais/angulares. 2000 ;
    • Vancouver

      Santos NA dos, Britto LRG de. Sistema visual humano: curvas de sensibilidade e filtragem de freqüências angulares, radiais e radiais/angulares. 2000 ;