Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito do ativador transcricional de genes "Heat-shock" sobre a tolerância ao estresse na levedura Saccharomyces cerevisiae (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMARGO, SOLANGE SOARES DE - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: BIOLOGIA MOLECULAR; BIOQUÍMICA MICROBIANA; LEVEDURAS; GENÉTICA MOLECULAR
  • Language: Português
  • Abstract: O "heat shock facto" ou HSF é uma proteína mediadora da ativação transcricional de genes que são induzidos pelo choque térmico. Neste trabalho, foi feito um estudo sobre a participação do HSF na tolerância de células de levedura a diferentes tipos de estresse, com o objetivo de esclarecer questões controversas encontradas na literatura. Observou-se que a expressão do gene HSF1, presente num plasmídeo de múltiplas cópias, é suficiente para induzir álcool tolerância e termotolerância à célula hospedeira do plasmídeo, mesmo na ausência de qualquer pró-tratamento de estresse. O aumento de tolerância proporcionado pelo HSF plasmidial foi verificado em diferentes linhagens de levedura, não afetou a velocidade de crescimento destas linhagens e foi acompanhado pela indução de genes repórteres, mostrando que pode ser devido ao aumento de síntese de Hsps e/ou de trealose. Entretanto, tal aumento não foi observado, com exceção da proteína Hsp104, que apresentou um leve acúmulo, mas que não pode ser a única responsável, uma vez que um mutante hsp104 "nuli", embora em menor intensidade, também responde 'à presença do HSF plasmidial. É provavel que o aumento de tolerância tenha sido desencadeado pela geração de formas desreprimidas do HSF quando o gene foi superexpresso. O HSF teria induzido Hsps e/ou trealose em um nível que não foi detectado. As formas desreprimidas do HSF teriam sido geradas pela "titulação" do regulador negativo, possivelmente aHsp70. Para confirmação, foianalisado se maiores quantidades de Hsp70 poderiam suprimir o aumento de tolerância proporcionado pelo HSF e esta supressão foi observada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.04.1999

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100002713T 574.88 C172e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMARGO, Solange Soares de; SCHENBERG, Ana Clara Guerrini. Efeito do ativador transcricional de genes "Heat-shock" sobre a tolerância ao estresse na levedura Saccharomyces cerevisiae. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Camargo, S. S. de, & Schenberg, A. C. G. (1999). Efeito do ativador transcricional de genes "Heat-shock" sobre a tolerância ao estresse na levedura Saccharomyces cerevisiae. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Camargo SS de, Schenberg ACG. Efeito do ativador transcricional de genes "Heat-shock" sobre a tolerância ao estresse na levedura Saccharomyces cerevisiae. 1999 ;
    • Vancouver

      Camargo SS de, Schenberg ACG. Efeito do ativador transcricional de genes "Heat-shock" sobre a tolerância ao estresse na levedura Saccharomyces cerevisiae. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: