Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Dificuldades iniciais na amamentação: enfoque fonoaudiológico (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANCHES, MARIA TERESA CERA - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • Subjects: SAÚDE MATERNO-INFANTIL; ALEITAMENTO MATERNO; MÃES; RECÉM-NASCIDO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Caracterizar o padrão de aleitamento materno dentre os recém-nascidos (RN) do alojamento conjunto do Hospital Guilherme Álvaro, em Santos, verificando dificuldades iniciais para o seu estabelecimento e descrevendo alguns fatoresrelacionados às alterações de pega e ordenha dos recém-nascidos na amamentação. Métodos: O estudo transversal abrangeu 409 duplas de mães/recém-nascidos, as quais não apresentaram impedimentos orgânicos e psíquicos que interferissem naamamentação e foi realizado no período de agosto a dezembro de 1997, em 3 etapas: 1) Coleta de dados da mãe e recém-nascido a partir do prontuário médico; 2) Entrevista com a mãe; 3) Observação estruturada de uma única mamada entre as 24 a 48primeiras horas de vida. Para verificação de significância dos fatores associados à dificuldade inicial da amamentação, utilizou-se o teste X2, assim como a análise multivariada - regressão logística. Resultados: Das 409 duplas demães/recém-nascidos estudadas, 54 casos (13 por cento) apresentaram dificuldades iniciais na amamentação. Na análise univariada, em relação à mãe, os fatores associados a essas dificuldades iniciais foram: idade da mãe, escolaridade e orientaçãoda mãe no pré-natal sobre aleitamento materno. Em relação ao recém-nascido, houve significância estatística para as variáveis: idade, força de sucção, comportamento do recém-nascido na mamada e número de sucções por pausa na mamada. Quanto aosfatoresrelacionados à dupla mãe-recém-nascido, mediante a análise multivariada, o "comportamento do RN na amamentação" e "Força de sucção" mostraram-se associados à mamada insatisfatória. Conclusões: Para o diagnóstico precoce das dificuldadesna amamentação é importante uma avaliação detalhada quanto aos aspectos globais que envolvem não só fatores básicos como posicionamento, pega, ordenha, mas também comportamento do RN, interação mãe-filho e desempenho dos reflexos orais do RN,mesmo que esses ) aparentem boas condições orgânicas para tal funcionamento. quanto ao padrão de sucção do RN, sugere-se também uma avaliação oral detalhada, incluindo o teste da sucção não nutritiva e observação específica de todo o sistemaestomatognático durante os movimentos exigidos para pega e ordenha na amamentação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.05.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800027159612.664 32
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANCHES, Maria Teresa Cera; BURALLI, Keiko Ogura. Dificuldades iniciais na amamentação: enfoque fonoaudiológico. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Sanches, M. T. C., & Buralli, K. O. (2000). Dificuldades iniciais na amamentação: enfoque fonoaudiológico. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Sanches MTC, Buralli KO. Dificuldades iniciais na amamentação: enfoque fonoaudiológico. 2000 ;
    • Vancouver

      Sanches MTC, Buralli KO. Dificuldades iniciais na amamentação: enfoque fonoaudiológico. 2000 ;