Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos da viscosidade no processo de deslamagem com microciclones em polpa não-Newtoniana de rocha fosfática (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: POSSA, MARIO VALENTE - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PMI
  • Subjects: ENGENHARIA DE MINAS
  • Language: Português
  • Abstract: Nos últimos anos, o estudo da reologia de polpas vem despertando um grande interesse àqueles que se dedicam ao tratamento de minérios pela crescente necessidade de se beneficiar polpas contendo partículas cada vez mais finas. Os efeitos daresistência da polpa ao escoamento, medida pela viscosidade, não são ainda bem entendidos e raramente a viscosidade é incorporada em modelos, análises ou otimização de processos. Neste trabalho foi utilizada uma polpa de rocha fosfática queapresenta um comportamento não-Newtoniano e é representativa da alimentação do circuito de deslamagem de finos naturais da usina de beneficiamento da Fertilizantes SERRANA S.A.- Complexo Industrial ARAFÉRTIL. Os estudos tiveram por objetivosavaliar os efeitos da viscosidade no desempenho de microciclones com diferentes diâmetros no processo de deslamagem bem como propor um modelo matemático empírico para a previsão do 'TAMANHO OU DIÂMETRO MEDIANO DA PARTIÇÃO CORRIGIDA(MICROMETRO)'. Foram preparados sete tipos de polpas com diferentes percentagens de sólidos e diferentes viscosidades (naturais, dispersas e espessadas) que foram submetidas a diferentes pressões de alimentação nos microciclones. O estudo dereologia e as medidas das viscosidades das polpas foram realizados em um reômetro e as análises de distribuição de tamanhos em um analisador de difração de laser. Os resultados obtidos nos ensaios foram previamente balanceados por um programadecomputador e os parâmetros das curvas de partição foram ajustados utilizando a técnica de ajuste não-linear. Os resultados indicaram que a viscosidade desempenha um papel muito importante no desempenho de microciclones no processo de deslamagem,sendo possível obter com uma polpa de 35% sólidos dispersa até uma baixa viscosidade, 'TAMANHO OU DIÂMETRO MEDIANO DA PARTIÇÃO CORRIGIDA (MICROMETRO)' tão finos quanto àqueles obtidos com uma polpa de 15% sólidos natural. As polpas estudadas ) apresentaram um comportamento pseudoplástico e o modelo de Ostwald de Waele se adequou muito bem na caracterização da reologia das polpas. Ficou constatado que o parâmetro de nitidez de separação a da curva de partição reduzidamantém-se constante para as diferentes polpas estudadas e o fenômeno fish hook esteve presente em praticamente todos os ensaios. É apresentado um modelo empírico para o 'TAMANHO OU DIÂMETRO MEDIANO DA PARTIÇÃO CORRIGIDA (MICROMETRO)' que leva emconsideração a variável viscosidade no processo de deslamagem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.06.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPMI31700004596FT-1440 e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      POSSA, Mario Valente; LIMA, José Renato Baptista de. Efeitos da viscosidade no processo de deslamagem com microciclones em polpa não-Newtoniana de rocha fosfática. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Possa, M. V., & Lima, J. R. B. de. (2000). Efeitos da viscosidade no processo de deslamagem com microciclones em polpa não-Newtoniana de rocha fosfática. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Possa MV, Lima JRB de. Efeitos da viscosidade no processo de deslamagem com microciclones em polpa não-Newtoniana de rocha fosfática. 2000 ;
    • Vancouver

      Possa MV, Lima JRB de. Efeitos da viscosidade no processo de deslamagem com microciclones em polpa não-Newtoniana de rocha fosfática. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: