Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estrutura da macrofauna vágil no ecossistema Halodule wrightii da Ilha de Itamaracá, nordeste do Brasil (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALVES, MARCOS SOUTO - IO
  • USP Schools: IO
  • Sigla do Departamento: IOB
  • Subjects: BENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Estudou-se a macroepifauna vágil associada aos prados da fanerógama marinha Halodule wrightii Ascherson (Angiospermae - Cymodoceaceae) da costa leste da Ilha de Itamaracá, Pernambuco, nordeste do Brasil, considerando-se as variações espaciais e temporais, os fatores físicos e químicos reguladores da comunidade, e o grau de eficiência de três tipos diferentes de coletores para estudos de macroepifauna vágil associada a Halodule wrightii. As amostras foram coletadas em dois locais, Praiade Forno da Cal e Praia de Jaguaribe, no período seco (Dezembro/96 a Fevereiro/97) e no período chuvoso (Maio a Julho/97) com três tipos diferentes de coletores. Os dados foram submetidos a análise de variância para detectar diferenças significativas entre as localidades (variação espacial), entre os meses (variação temporal) e entre os métodos de coleta empregados. Foi utilizado como variáveis dependentes, os dados de densidade (ind.m-2), dos grupos taxonômicos melhor representados numericamente, Gastropoda, Amphipoda, Isopoda e Decapoda. A partir da densidade (ind.m-2) das espécies de Mollusca, determinou-se a frequência de ocorrência, dominância, diversidade específica e equitabilidade. Constatou-se significativa variação temporal para os taxa Gastropoda, Amphipoda e Isopoda. As variações temporais, são caracterizadas principalmente pela influência dos fatores temperatura, salinidade, pluviometria e densidade da vegetação. O método 1 -rede, foi o mais eficiente paraamostragem quantitativa. Entre os Mollusca, Tricolia affinis, Smaragdia viridis, Anachis obesa, Anachis catenata e Bittium varium, foram as espécies com maior frequência de ocorrência. Houve baixa diversidade específica e baixa equitabilidade, nos dois locais de coletas, determinadas, pela dominância de poucas espécies, principalmente, os Gastropoda Tricolia affinis, Anachis obesa e Anachis catenata
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.10.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IO12200000735mez 03.42 A48e Tese
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Marcos Souto; TARARAM, Airton Santo. Estrutura da macrofauna vágil no ecossistema Halodule wrightii da Ilha de Itamaracá, nordeste do Brasil. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Alves, M. S., & Tararam, A. S. (2000). Estrutura da macrofauna vágil no ecossistema Halodule wrightii da Ilha de Itamaracá, nordeste do Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Alves MS, Tararam AS. Estrutura da macrofauna vágil no ecossistema Halodule wrightii da Ilha de Itamaracá, nordeste do Brasil. 2000 ;
    • Vancouver

      Alves MS, Tararam AS. Estrutura da macrofauna vágil no ecossistema Halodule wrightii da Ilha de Itamaracá, nordeste do Brasil. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: