Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Purificação parcial da peçonha da aranha Scaptocosa Raptoria (Lycosida Araneae) e ensaio comportamental em ratos Wistar (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIBEIRO, ALESSANDRA MUSSI - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: As aranhas possuem peçonhas que contêm compostos neuroativos que paralisam e/ou matam outros organismos. Muitos desses compostos funcionam como neurotoxinas, as quais frequentemente exibem notável especificidade e afinidade pelo tecido nervoso. Tais toxinas podem atuar especificamente em canais iônicos dependentes de ligante e de voltagem presentes na membrana neuronial. Dessa forma, esses compostos são importantes ferramentas para serem utilizados nas pesquisas em Neurociências. Muitas toxinas isoladas de animais peçonhentos são ferramentas para entender as neurotransmissões excitatória e inibitória, servindo como modelos para o desenvolvimento de fármacos anticonvulsivantes e neuroprotetores, direcionados à epilepsia, glaucoma, mal de Huntigton, mal de Parkinson, entre outras. Assim, nosso laboratório tem investigado os efeitos comportamentais produzidos pela injeção por via i.c.v. da peçonha da aranha S. raptoria em ratos. Observaram-se alterações comportamentais, caracterizadas por um período inicial de imobilidade, seguido de um intenso comportamento motor semelhante a crises convulsivas do mesencéfalo acústico (caracterizadas por giros, quedas, corridas e pulos). Em experimentos dose-resposta verificou-se um aumento dessa atividade. Por outro lado, a peçonha desproteinizada não alterou o comportamento dos animais quando injetada por via i.c.v. Mas, quando injetada por via i.c.v. em ratos, previamente, aos agentes convulsivantes ácido caínico, PTZ epicrotoxina produziu uma proteção parcial e com bicuculina observou-se inibição total das crises. A peçonha foi submetida a cromatografia líquida (CLAD) em coluna de fase reversa. Na primeira etapa, reunimosas frações em dez "pools", que foram injetados por via i.c.v. em ratos. Observamos que os "pools" SrTx6, 7 e 10 produziram alterações comportamentais semelhantes às observadas quando injetamos a peçonha bruta. As frações SrTx8 e 9 provocaram crises tônico- ) clônicas. Também ensaiamos a peçonha e seus componentes isolados em sinaptosomas cerebro-corticais de ratos, nas cinéticas de captação para o glutamato a GABA. Nos ensaios neuroquímicos observou-se que a peçonha inibe a captação de glutamato e estimula sua liberação. Estimula também a captação de GABA e não altera sua liberação. O GABA é o principal neurotransmissor inibitório do SNC de mamíferos, e a remoção daquele na fenda sináptica poderia, aparentemente, ter um efeito convulsivante. O "pool" Srtx1 diminuiu a atividade motora a os demais "pools" não alteraram significativamente o comportamento dos animais. 0 "pool" SrTx1, quando testado em sinaptosomas cerebrocorticais de rato inibiu a captação de GABA e não alterou sua liberação. Inibidores da recaptação do GABA, a princípio, são potenciais anticonvulsivantes, como é o caso do ácido nipecótico e da guvacina. A fração SrTx8 estimula a recaptação de GABA. 0 "pool" SrTxi também foi testado "in vivo" com a bicuculina, e observamos que esse foi efetivo emsuprimir as crises em 50% dos animais. O "pool" SrTxi foi recromatografado em CLAD, produzindo cinco frações, as quais, após análise em "Diode Array" e Espectroscopia de Massa mostraram razoável grau de pureza. À princípio, esse "pool" apresenta cinco componentes. Esses resultados são altamente relevantes e justificam a procura de compostos neuroativos, o que nos estimula a continuarmos acaracterizar quimicamente e biologicamente os componentes presentes na peçonha de Scaptoria raptoria
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800028714Ribeiro, Alessandra Mussi
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Alessandra Mussi; SANTOS, Wagner Ferreira dos. Purificação parcial da peçonha da aranha Scaptocosa Raptoria (Lycosida Araneae) e ensaio comportamental em ratos Wistar. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Ribeiro, A. M., & Santos, W. F. dos. (2000). Purificação parcial da peçonha da aranha Scaptocosa Raptoria (Lycosida Araneae) e ensaio comportamental em ratos Wistar. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ribeiro AM, Santos WF dos. Purificação parcial da peçonha da aranha Scaptocosa Raptoria (Lycosida Araneae) e ensaio comportamental em ratos Wistar. 2000 ;
    • Vancouver

      Ribeiro AM, Santos WF dos. Purificação parcial da peçonha da aranha Scaptocosa Raptoria (Lycosida Araneae) e ensaio comportamental em ratos Wistar. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: