Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mecanismo de ação e regulação de uma fosfotase alcalina no processo de ossificação endocondrial: efeito colagenase nas propriedades da fosfotase alcalina (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GONÇALVES, RUBIA REGINA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBQ
  • Subjects: BIOQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Colagenase bruta é muito empregada na extração da fosfatase alcalina de cartilagem e/ou osso e, aparentemente seria a responsável por algumas alterações cinéticas apresentadas pela enzima de cartilagem e/ou osso. O objetivo desse trabalho é tentar esclarecer se o tratamento com colagenase provoca alterações nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de osso. Uma das alterações observadas quando a placa óssea foi tratada com colagenase, foi o desaparecimento de uma fração solúvel que geralmente aparece na cromatografia em coluna de Sepharose 4B. Além disso, a fosfatase alcalina de placa óssea é mais instável, perdendo cerca de 30% de sua atividade após trinta dias. O tratamento da placa óssea com colagenase acarretou o deslocamento do pH ótimo de hidrólise do PNFF para valores mais alcalinos (pH= 10,25). Bem como afetou a atividade específica da enzima. A hidrólise do PNFF, ocorreu através de uma cinética Michaeliana com V= 1606,3 U/mg e Km=322'mu'M. Embora a atividade da enzima tenha aumentado cerca de 5 vezes, a afinidade pelo substrato aumentou cerca de oito vezes. O tratamento da placa óssea com colagenase também provocou alterações nos efeitos observados para os íonsmetálicos. A estimulação da atividade PNFFase pelos íons magnésio (Ko.5= 7.9 'mu'M) foi da ordem de 60%, o dobro do observado para os controles. Os íons zinco, inibidores não-competitivos da fosfatase alcalina, apresentaram dois efeitos distintos, um estimulador (Ko.s= 0.2'mu'M) e um efeito inibidor acima de 1 'mu'M. Os íons cobalto estimularam a atividade PNFFase da enzima com Ko.5= 5.3 'mu'M enquanto os íons manganês, com Ko.5= 0.7 'mu'M. Os íons cálcio não apresentaram nenhum efeito sobre a atividade PNFFase da enzima de placa óssea tratada com colagenase, em contraste com o efeito inibidor relatado para a enzima obtida de placas sem tratamento com colagenase. A fosfatase alcalina de placa óssea tratada com colagenase apresentou uma ) maior instabilidade térmica tanto para a hidrólise do PNFF ('delta'H=71,6 kcal/mol) quanto para a do ATP ('delta'H= 41,0 kcal/mol) quando comparada com amostras não tratadas com colagenase. A hidrólise do ATP pela fosfatase alcalina de placa tratada com colagenase apresentou resultados similares aos relatados para a enzima obtida sem tratamento com colagenase. Entretanto, em concentrações crescentes de íons cálcio (V= 700,2 U/mg e Ko.5= 0.5 mM) e magnésio (V= 580,1 U/mg; Ko.5= 0.7 mM), apenas uma única família de sítios foi revelada, em contraste com os controles, que apresentaram duas. Também para o pirofosfato, o pH ótimo de hidrólise pela enzima foi deslocado para valores maiores (pH= 9,0) e, a cinética de hidrólise do substrato revelou apenas uma única família de sítios (Ko.5= 1.5 g.M) em contraste com os dois sítios relatados para a enzima obtida de placas não tratadas com colagenase. Além disso, a teofilina não inibiu completamente a enzima. Os efeitos dos íons magnésio sobre aatividade pirofosfatase da fosfatase alcalina de placa óssea tratada com colagenase também foram alterados. A única família de sítios apresentou um Ko.5= .1.0'mu'M. Os resultados deste trabalho indicam fortemente que o tratamento com colagenase é responsável pelas alterações observadas nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de placa óssea
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.08.2000

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200059446Gonçalves, Rúbia Regina
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Rúbia Regina; LEONE, Francisco de Assis. Mecanismo de ação e regulação de uma fosfotase alcalina no processo de ossificação endocondrial: efeito colagenase nas propriedades da fosfotase alcalina. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Gonçalves, R. R., & Leone, F. de A. (2000). Mecanismo de ação e regulação de uma fosfotase alcalina no processo de ossificação endocondrial: efeito colagenase nas propriedades da fosfotase alcalina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gonçalves RR, Leone F de A. Mecanismo de ação e regulação de uma fosfotase alcalina no processo de ossificação endocondrial: efeito colagenase nas propriedades da fosfotase alcalina. 2000 ;
    • Vancouver

      Gonçalves RR, Leone F de A. Mecanismo de ação e regulação de uma fosfotase alcalina no processo de ossificação endocondrial: efeito colagenase nas propriedades da fosfotase alcalina. 2000 ;