Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo de fatores sazonais relacionados à transmissão de Xylella fastiodiosa em pomares de citros (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREIRA, ÉRICA FRAZÃO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: ENTOMOLOGIA AGRÍCOLA; FITOPATOLOGIA; XILEMA
  • Language: Português
  • Abstract: A Clorose Variegada dos Citros é uma das doenças mais importantes na citricultura brasileira, atualmente. A doença é causada por uma bactéria gram-negativa, denominada Xylella fastidiosa, transmitida por cigarrinhas das famílias Cicadellidae e Cercopidae. Três pomares de citros, localizados nas regiões noroeste, central e sul do Estado de São Paulo, foram estudados com o objetivo de analisar fatores sazonais que possam influenciar a transmissão de X. fastidiosa por vetores em citros, visando-se identificar épocas de maior probabilidade de disseminação da CVC, para que as medidas de controle possam ser reforçadas. Através de monitoramentos periódicos dos principais vetores, verificou-se que os cartões adesivos capturaram 6,3 vezes mais cigarrinhas que as plantas-iscas. A espécie Dilobopterus costalimai predominou no pomar da região sul, enquanto que a espécie Acrogonia sp. foi capturada em maior quantidade nos pomares das regiões noroeste e central. Diferença estatística significativa foi obtida no número total de indivíduos das espécies Acrogonia sp., Bucephalogonia xanthophis, D. costalimai e Oncometopia facialis, capturadas por cartões adesivos, entre os pomares estudados. Já para as plantas-iscas, somente D. costalimai e Ferrariana trivittata apresentaram diferença estatística significativa. A infectividade natural dos vetores capturados foi baixa, atingindo 4,2% em média, não havendo diferença estatística significativa entre as estações do ano. Dentreas espécies de cigarrinhas capturadas em maior quantidade, Acrogonia sp., B. xanthophis e D. costalimai, apresentaram infectividade natural de 6,3%, 2,6% e 4,8%, respectivamente. A população da bactéria X. fastidiosa nas plantas cítricas foi avaliada através de monitoramentos meriódicos do inóculo, com isolamento de amostras foliares em meio de cultura PWG, determinando-se uma diluição de 10x para a redução do porcentual de contaminação, com eficiência de ) isolamento superior a 70%. A população de células cultiváveis de X. fastidiosa, em nervuras centrais de folhas sintomáticas de citros, foi de 5,76 '+ OU -'0,07 log UFC/g/mL, sem diferença estatísticasignificativa entre os pomares. Quatro ramos de 20 árvores cítricas sadias foram inoculados em diferentes épocas do ano nos pomares das regiões noroeste e sul. Durante quatro meses, foi avaliada a população em um dos ramos de cada planta inoculada, através de amostras foliares isoladas em meio de cultura, verificando-se que maior número de amostras positivas foi obtido na inoculação de primavera, para as duas localidades. Os ramos foram podados após cinco meses e avaliados porcultura e DAS-ELISA indireto. Diferenças estatisticamente significativas foram obtidas para as inoculações realizadas nos meses correspondentes à primavera e ao verão, com tendência à maior probabilidade de multiplicação da bactéria e aquisição por vetores durante essa época, em condições de campo. Cigarrinhas submetidas à alimentação emplantas-fonte de X. fastidiosa foram colocadas para alimentação em ramos cítricos sadios no pomar da região central, em diferentes épocas do ano, obtendo-se baixa eficiência de inoculação, correspondendo a 6,5 % do total de ramos inoculados. Os dados obtidos indicam que o período de maior disseminação da doença ocorre quando a temperatura anual média começa a se elevar e a precipitação torna-se mais freqüente, pois o inóculo continua presente em altas quantidades no xilema de citros e os vetores são mais abundantes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.01.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500018512t634.3 P436e ex.2 75783
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Érica Frazão; LOPES, João Roberto Spotti. Estudo de fatores sazonais relacionados à transmissão de Xylella fastiodiosa em pomares de citros. 2001.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2001.
    • APA

      Pereira, É. F., & Lopes, J. R. S. (2001). Estudo de fatores sazonais relacionados à transmissão de Xylella fastiodiosa em pomares de citros. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Pereira ÉF, Lopes JRS. Estudo de fatores sazonais relacionados à transmissão de Xylella fastiodiosa em pomares de citros. 2001 ;
    • Vancouver

      Pereira ÉF, Lopes JRS. Estudo de fatores sazonais relacionados à transmissão de Xylella fastiodiosa em pomares de citros. 2001 ;