Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

As criações lexicais estilísticas na obra poética de Carlos Drummond de Andrade (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARETTA, ELIS DE ALMEIDA CARDOSO - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LÍNGUA PORTUGUESA; POESIA; LEXICOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: É no léxico de uma língua que se reiteram, se transformam, se mantêm, se sustentam os modelos mentais, os sistemas de valores, os recortes culturais, os pontos de vista e as práticas de um grupo sociocultural. Dessa forma, estudar as transformações do léxico no decorrer de um período é perceber de que maneira se estrutura o pensamento e a visão desse grupo. Logo, estudar as criações de um autor é ver como se estrutura a sua própria visão de mundo. Há, em qualquer língua viva, criações lexicais que surgem com um objetivo específico, são válidas para aquele determinado momento e jamais chegarão a fazer parte do dicionário de língua. São as criações literárias com objetivo estilístico. Pensando exatamente nesse tipo de criação lexical, tentamos mostrar, neste trabalho, quais os processos utilizados e qual o efeito obtido com eles. Para isso, escolhemos como fonte de pesquisa os dezenove livros de poesia de Carlos Drummond de Andrade, publicados pela Editora José Olympio, em 1983, no Rio de Janeiro, em dois volumes denominados Nova reunião I e Nova reunião II, recolhemos todas as criações drummondianas e as separamos conforme o processo utilizado para sua formação, segundo a proposta de Louis Guilbert, apresentada em "La créativité lexicale". Neste trabalho, o primeiro capítulo se ocupa do "corpus" escolhido. No segundo capítulo, apresentamos os processos de criação de novas unidades lexicais em língua portuguesa e mencionamos a importância damutabilidade lingüística e da renovação lexical. No capítulo seguinte, estudamos os aspectos semânticos do signo. Percorrendo os caminhos da Estilística, mostramos de que maneira se comportam as criações lexicais estilísticas e a importância do estudo aprofundado da Estilística Léxica para podermos diferenciar a expressividade obtida com neologismos conceptuais e com neologismos formais. Partimos, então, para a análise do "corpus", mostrando a tipologia das criações ) drummondianas e seu papel estilístico. Reformulando o código lingüístico, Drummond utiliza vários processos de criação lexical neológica, dispondo cada lexia criada no lugar exato para que ela possa concentrar a maior quantidade de comunicação estética. O poeta penetrou "surdamente no reino das palavras" e, por mais que observe na formação dos neologismos as leis morfológicas relativas à estrutura das palavras simples e primitivas e à construção das derivadas e compostas (aglutinadas ou justapostas), não pretende satisfazer as necessidades da língua, mas as necessidades de seu texto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.03.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH21300108308T CARETTA,E.A.C. 2001
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARETTA, Elis de Almeida Cardoso; KEHDI, Valter. As criações lexicais estilísticas na obra poética de Carlos Drummond de Andrade. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Caretta, E. de A. C., & Kehdi, V. (2001). As criações lexicais estilísticas na obra poética de Carlos Drummond de Andrade. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Caretta E de AC, Kehdi V. As criações lexicais estilísticas na obra poética de Carlos Drummond de Andrade. 2001 ;
    • Vancouver

      Caretta E de AC, Kehdi V. As criações lexicais estilísticas na obra poética de Carlos Drummond de Andrade. 2001 ;