Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação social e privada de um projeto de microdestilaria em condições de conhecimento imperfeito (1986)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARCONDES, YVENS SANTIAGO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LES
  • Subjects: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO; INDÚSTRIA EXTRATIVA VEGETAL; INDÚSTRIA AGRÍCOLA (ECONOMIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo analisa a viabilidade econômica de um projeto de microdestilaria com capacidade nominal de 5.000 litros por dia, sob condições de risco. Analisa-se o projeto utilizando-se os critérios e normas estabelecidas pela Comissão Executiva Nacional do Álcool - CENAL, com financiamento pelo PROALCOOL. A análise baseia-se nas avaliações econômicas pelas óticas privada e social. A avaliação econômica utiliza como indicador de rentabilidade a taxa interna de retorno (TIR) e para o processo de simulação, a técnica de Monte Carlo, incorpora a análise o processo de "learning by doing". A análise econômica revela taxas internas de retorno diferenciadas para as avaliações pelas óticas privada e social. Segundo os critérios utilizados pela ótica social apresentam boa perspectiva de retorno, enquanto os projetos avaliados pela ótica privada teriam viabilidade somente com probalidade de 30%. No processo de simulação as distribuições de probalidade foram determinadas pelas informações obtidas de dados primários e consultas a técnicos do setor, dos dados coletados, identificam-se os parâmetros mais prováveis das variáveis relevantes selecionadas. As variáveis usadas na simulação foram a produtividade física, açúcares redutores totais, extração, fermentação e destilação. Os resultados demonstram que a rentabilidade econômica dos projetos avaliados pela ótica social são maiores do que aqueles avaliados pela ótica privada, sendo a ausência de impostos na avaliação social, oprincipal fator a determinar esta diferença. Verifica-se também, que os fluxos de caixas simulados das avaliações privada e social, apresentam, respectivamente, 99,3% e 47,7% de mudança de sinal, representando projetos do tipo não convencional, podendo apresentar mais de uma TIR
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.08.1986
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500019160t338.47662669 M321 e.2 75967
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARCONDES, Yvens Santiago; PERES, Fernando Curi. Avaliação social e privada de um projeto de microdestilaria em condições de conhecimento imperfeito. 1986.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1986. Disponível em: < http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-20181127-161338/ >.
    • APA

      Marcondes, Y. S., & Peres, F. C. (1986). Avaliação social e privada de um projeto de microdestilaria em condições de conhecimento imperfeito. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-20181127-161338/
    • NLM

      Marcondes YS, Peres FC. Avaliação social e privada de um projeto de microdestilaria em condições de conhecimento imperfeito [Internet]. 1986 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-20181127-161338/
    • Vancouver

      Marcondes YS, Peres FC. Avaliação social e privada de um projeto de microdestilaria em condições de conhecimento imperfeito [Internet]. 1986 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-20181127-161338/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: