Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo entre o teste da eletrocondutividade e as provas físico-químicas, microbiológicas e celulares do leite bovino (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BENATTI, LILIANE APARECIDA TANUS BENATTI - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: MEDICINA VETERINÁRIA; BOVINOS; LEITE
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivou-se avaliar comparativamente a prova da eletrocondutividade frente a outras provas físico-químicas, microbiológicas e celulares do leite bovino utilizadas usualmente para o diagnóstico da mastite. Foram utilizados 98 bovinos, fêmeas da raça Holandesa, na fase intermediária da lactação, independente da idade e do número de crias, para se estabelecer os valores da eletrocondutividade, pH, contagem de células somáticas e exame microbiológico do leite. As amostras de leite foram colhidas de vacas sadias, criadas em três fazendas produtoras de leite tipo "B", localizadas no Estado de São Paulo, nos municípios de Pirassununga, Analândia e Santa Rita do Passa Quatro. Os resultados foram analisados estatisticamente pelo método Logit, obtendo-se os coeficientes de correlação entre a eletrocondutividade e as demais variáveis estudadas. Verificou-se que nas amostras de leite com eletrocondutividade menor ou igual a 5,0 mS, os valores médios observados nas provas da contagem de células somáticas (CCS) e do pH foram significativamente menores quando comparados ás amostras com eletrocondutividade maiores que 5,0 mS, revelando uma correlação positiva e estatisticamente significante entre a eletrocondutividade e a duas provas citadas, com coeficientes de correlação r iguais a 0,902 e 0,962, respectivamente. (p < ou - 0,05%). A eletrocondutividade mostrou uma correlação positiva e estatisticamente significante com os resultados observados nas provas qualitativas doCMT e do exame microbiológico (positivos ou negativos), com coeficientes de correlação iguais 0,978 e 0,881, respectivamente. (p < ou - 0,05%). A prova da eletrocondutividade revelou-se de fácil execução, rápida, facilmente aplicável a grandes rebanhos para o exame clínico de quartos mamários individualmente e altamente correlacionada com outras provas usualmente utilizadas para detecção de alterações das características do leite bovino
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.04.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300000770T.948 FMVZ e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BENATTI, Liliane Aparecida Tanus; ARAÚJO, Wanderley Pereira de. Estudo comparativo entre o teste da eletrocondutividade e as provas físico-químicas, microbiológicas e celulares do leite bovino. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Benatti, L. A. T., & Araújo, W. P. de. (2001). Estudo comparativo entre o teste da eletrocondutividade e as provas físico-químicas, microbiológicas e celulares do leite bovino. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Benatti LAT, Araújo WP de. Estudo comparativo entre o teste da eletrocondutividade e as provas físico-químicas, microbiológicas e celulares do leite bovino. 2001 ;
    • Vancouver

      Benatti LAT, Araújo WP de. Estudo comparativo entre o teste da eletrocondutividade e as provas físico-químicas, microbiológicas e celulares do leite bovino. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: