Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento e aplicações de eletrodos de ouro confeccionados a partir de discos compactos graváveis (CD-Rs) (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RICHTER, EDUARDO MATHIAS - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: QUÍMICA ANALÍTICA; MÉTODO ELETROQUÍMICO; ELETROQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho descreve uma forma inédita e simples de construção de eletrodos de ouro (CDtrodos) a partir de discos compactos graváveis (CD-Rs). Os CD-Rs possuem em sua constituição uma película de ouro com uma espessura entre 50 e 100 rim e com área aproximada de 100 cm2. Esta superficie de ouro pode ser facilmente utilizada para construção de eletrodos convencionais usados em células estacionárias ou em células em fluxo. Além disso, a espessura nanométrica do fúme de ouro também pode ser utilizada para construção de microeletrodos de banda com áreas inferiores a 10-6 cm2. Devido ao fato do CD-R ser produzido em escala comercial, o custo do mesmo é muito baixo, tomando possível sua utilização na forma de eletrodos descartáveis. Para comprovar a viabilidade da utilização destes filmes na confecção de eletrodos, seu desempenho foi comparado com o de eletrodo de ouro comercial, sendo observado um comportamento análogo. Diferentes maneiras de utilização do disco compacto gravável foram testadas, tanto em amostras sintéticas, como também, em amostras reais. Utilizando o método de redissolução potenciométrica à corrente constante (CCPSA), foram analisadas amostras de mercúrio em água potável e em água do mar, adaptando o CD-R a uma célula de injeção em-fluxo. Nestes estudos, o limite de detecção de mercuno situou-se em 250 ng L-1, utilizando-se tempo de deposição de 300 segundos. Estados preliminares em células estacionárias levaram a limites de detecçãoinferiores. Em célula estacionária, foram realizadas análises de cobre em aguardente e em água potável. Em alguns casos, os resultados obtidos com as amostras. reais foram comparados com outra técnica (E.AA.), onde os resultados obtidos foram muito próximos a àqueles obtidos com os eletrodos de ouro. Análises em água de abastecimento, mostraram que em células estacionárias o limite de detecção para cobre situa-se em 30 ng L-l, para tempos de deposição de 600 segundos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.01.2001
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100003725T 543.0871 R535d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RICHTER, Eduardo Mathias; ANGNES, Lúcio. Desenvolvimento e aplicações de eletrodos de ouro confeccionados a partir de discos compactos graváveis (CD-Rs). 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-21032003-094629/ >.
    • APA

      Richter, E. M., & Angnes, L. (2001). Desenvolvimento e aplicações de eletrodos de ouro confeccionados a partir de discos compactos graváveis (CD-Rs). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-21032003-094629/
    • NLM

      Richter EM, Angnes L. Desenvolvimento e aplicações de eletrodos de ouro confeccionados a partir de discos compactos graváveis (CD-Rs) [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-21032003-094629/
    • Vancouver

      Richter EM, Angnes L. Desenvolvimento e aplicações de eletrodos de ouro confeccionados a partir de discos compactos graváveis (CD-Rs) [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-21032003-094629/