Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Inquérito sorológico para leptospirose, doença de Lyme e leishmaniose em cães do município de Santana do Parnaíba, São Paulo. Colheiras efetuadas durante a campanha de vacinação anti-rábica, no ano de 1999 (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MASCOLLI, ROBERTA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: LEPTOSPIROSE; LEISHMANIOSE; DOENÇA DE LYME; CÃES; EPIDEMIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o potencial zoonótico da população canina do Município de Santana de Parnaíba, São Paulo, com relação à leptospirose, doença de Lyme e leishmaniose. O experimento foi conduzido durante a campanha de vacinação anti-rábica animal de 1999, com a colheita de 410 amostras de soro canino para determinar a incidência destas doenças. Foi aplicado um questionário nos proprietários dos animais para tragar um perfil epidemiológico da população canina e proceder análise estatística dos fatores de risco associados. A leptospirose foi determinada através da técnica de soroaglutinação microscópica, utilizando uma coleção de 22 variantes sorológicas. Para o diagnóstico da leishmaniose e borreliose utilizou-se a reação de imunofluorescência indireta, com a estirpe L. major para leishmania e as estirpes B. garinii (1 B29) - que é uma B. burgdorferi "lato sensu" '- e B. burgdorterí stricto sensu (35B808) para doença de Lyme. Foi encontrada uma positividade de 15% para leptospirose, com maior freqüência das variantes copenhageni (24%), canícola (16%) e hardjo (16%). Não houve resultado positivo na sorologia para leishmaniose. Os resultados positivos para Lyme de acordo com as estirpes foram de 9% para B. garinii (1B29), 16% para B. burgdorferi stricto sensu (35B808) e 8% para ambas as estirpes simultaneamente. A análise estatística do questionário apontou significância na correlação entre a idade do animal e a ocorrência desoropositivos para leptospirose, e entre a presença de roedores e a ocorrência de soropositividade para a doença de Lyme
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.06.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300000824T.974 FMVZ e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MASCOLLI, Roberta; PINHEIRO, Sônia Regina. Inquérito sorológico para leptospirose, doença de Lyme e leishmaniose em cães do município de Santana do Parnaíba, São Paulo. Colheiras efetuadas durante a campanha de vacinação anti-rábica, no ano de 1999. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Mascolli, R., & Pinheiro, S. R. (2001). Inquérito sorológico para leptospirose, doença de Lyme e leishmaniose em cães do município de Santana do Parnaíba, São Paulo. Colheiras efetuadas durante a campanha de vacinação anti-rábica, no ano de 1999. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Mascolli R, Pinheiro SR. Inquérito sorológico para leptospirose, doença de Lyme e leishmaniose em cães do município de Santana do Parnaíba, São Paulo. Colheiras efetuadas durante a campanha de vacinação anti-rábica, no ano de 1999. 2001 ;
    • Vancouver

      Mascolli R, Pinheiro SR. Inquérito sorológico para leptospirose, doença de Lyme e leishmaniose em cães do município de Santana do Parnaíba, São Paulo. Colheiras efetuadas durante a campanha de vacinação anti-rábica, no ano de 1999. 2001 ;