Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Santa Maria de Belém do Grão Pará: cidade velha do presente no olhar do passado (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, MARIA DE JESUS BENJAMIN DA - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: GEOGRAFIA HUMANA; MEIO AMBIENTE URBANO; SOCIOLOGIA URBANA
  • Language: Português
  • Abstract: Trato neste trabalho compreender a vida social do homem e o como se dá essa relação, na formação, constituição e desenvolvimento do indivíduo, sob o modo de produção capitalista e as relações de reprodução, e como a História irrompe na vida de todo dia desse homem e travado aí o embate a que se propões o de realizar no tempo miúdo da vida cotidiana as conquistas fundamentais do gênero humano aquilo que liberta o homem das múltiplas misérias que o fazem pobre de tudo: de condições adequada de vida, de tempo para si, e as relações que se dão no lugar, em face aos poderes constituídos que o privam de agir dignamente. Nesta perspectiva busca compreender a realidade através de uma abordagem geográfica relacionada ao espaço enquanto lugar das práticas cotidianas. E como situar essas práticas cotidianas na sociedade moderna, no global, no lugar específico de um homem específico que não quer dizer que este lugar e este homem sejam exclusivos, eles fazem parte de um contexto maior, contudo os eventos que os atingem tem dinâmicas próprias. Portanto, as transformações ocorridas em Belém que afetam a vida das pessoas devem ser consideradas e analisadas como elementos do processo de reprodução das relações sociais de produção, parte de um processo social que ao destruir os antigos modos de vida traz implícitas condições de emergência de um novo modo de vida adaptado às novas determinações existentes. Estas não são apenas econômicas, estende-se ao social, cultural, aopolítico. É neste contexto que a redefinição da malha política administrativa da área de Belém se apresenta como instrumento de análise válido para o entendimento da dinâmica à qual se reporta a intenção deste trabalho. A pesquisa Santa Maria de Belém do Grão Pará: A Cidade Velha do presente no olhar do passado surgiu como preocupação dos desencontros entre o Estado e a sociedade, nossa preocupação será entender, do ponto de vista geográfico, as questões que ) permeiam as relações reais do dia-a-dia na cidade e no bairro tendo como ponto de partida no processo de conhecimento suas manifestações concretas no bairro. A realidade urbana do bairro da Cidade Velha é um desafio ao planejamento que nos últimos anos o conjunto histórico-cultural que perfaz o todo o bairro vem sofrendo intensa descaracterização, provocado não somente pelos moradores do bairro, como também por empresários locais que transformam importantes residências históricas em depósitos comerciais ou com demolições sucessivas, para uso de estacionamento. A Cidade Velha esta em transe, este fato aparece de forma pouco trnasparente nos estudos e projetos de renovação feitos para o bairro. Intencionalmente ou não, parece-nos que estes projetos e estudos ignoram as profundas mutações ocorridas no bairro. As transformações irreversíveis pelas quais passou o bairro apresentam-se um descompasso com as propostas contidas nos projetos para solucionar seus problemas.Tocam na ponta de Iceberg.Subestimando problemas como: o desmoronamento dos velhos casarões; as condições de deterioração das edificações do início da fundação da cidade (século XVII). A Cidade Velha vive o transe de um sistema incapaz de suportar suas contradições básicas, onde os interesses do grande capital ditam as regras do sistema e onde as leis do capital definem a natureza da urbanização fazendo da cidade o seu centro nervoso. Os problemas da Cidade Velha representam o microcosmo de um processo de urbanização que é universal ao capitalismo. Problemas semelhantes são vividos em outros bairros e cidades do sistema. A anarquia capitalista é a "camisa de força do planejamento", fazendo com que o capitalismo viva em constante transe. Inviabilizando qualquer prática democrática de urbanismo. O "individualismo" é como a essência daquela anarquia, estará sempre favorecendo as classes dominantes na apropriação do espaço. Assim o bairro ) da Cidade Velha faz emergir as contradições entre o Estado e a sociedade, o individual e o coletivo, o velho e o novo. A preocupação fundamental é entender no contexto da visualização; a cidade como um problema e ao mesmo tempo como um lugar de progresso representativo de uma sociedade como um todo e montar estratégias objetivando a valorização do núcleo inicial do Município de Belém. Fica evidente o princípio de cada um no seu lugar, no tamanho e na forma proposto pelo poder instituído e considerado como competente para ditar normas, uma vez que aintervenção do Estado, na sociedade não dá-se através de seus diversos agentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.07.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH21100002118T SILVA, M.J.B. 2001
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Maria de Jesus Benjamin da; SCARLATO, Francisco Capuano. Santa Maria de Belém do Grão Pará: cidade velha do presente no olhar do passado. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Silva, M. de J. B. da, & Scarlato, F. C. (2001). Santa Maria de Belém do Grão Pará: cidade velha do presente no olhar do passado. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Silva M de JB da, Scarlato FC. Santa Maria de Belém do Grão Pará: cidade velha do presente no olhar do passado. 2001 ;
    • Vancouver

      Silva M de JB da, Scarlato FC. Santa Maria de Belém do Grão Pará: cidade velha do presente no olhar do passado. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: