Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A pressão arterial em funcionários do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná: associação com variáveis biopsicossociais, hábitos de vida e conhecimento sobre hipertensão (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CORDEIRO, BENEDITA RIBEIRO - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Subjects: DOENÇAS CARDIOVASCULARES (EPIDEMIOLOGIA); HIPERTENSÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A hipertensão arterial é uma doença com alta prevalência atingindo cerca de 15% a 20% os adultos e influencia o perfil de morbidade e mortalidade cardiovascular. Objetivo foi caracterizar o nível de pressão arterial de funcionários do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná - Londrina e associar com variáveis estruturais, psicossociais, hábitos de vida e o conhecimento sobre sobre hipertensão arterial. A amostra foi formada por 356 funcionários (41'+ OU -'8 anos, 65% mulheres, 76% brancos, 40% com segundo grau e 26% com nível superior, 74% com mais de 5 salários mínimos, 74% com companheiro, 64% com função manual não especializada ou semi-especializada, Índice de massa corporal=26'+ OU -'4, 17% fumantes, 23% referiram ingestão de bebida alcoólica e 30% realizar atividade física. A pressão arterial foi medida com aparelho automático, OMRON 705, na posição sentada, após 5 min de repuso, com manguito adequado à circunferência do braço. A prevalência da hipertensão arterial foi de 20%. A análise univariada mostrou que as variáveis como sexo masculino; idade acima de 50 anos; função de escritório e manual não especializada; pertencer à diretoria clínica; baixa escolaridade; ser responsável pelo sustento da família; ingestão de bebida alcoólica; consumo frequente de carnes; e peso elevado se associaram significativamente (p<0,05) com elevação da pressão arterial. A análise multivariada mostrou que o sexo, ocupação, consumo de carnes e a obesidadeconfirmaram a elevação significativa da pressão arterial. Mais de 90% dos funcionários tinham conhecimento sobre o que é a hipertensão arterial e tratamento não-farmacológico. A maioria apresentou médio estado e traço de ansiedade (77% e 87%, respectivamente). ) Portanto, o presente estudo mostrou que funcionários de um hospital apresentam prevalência de hipertensão semelhante a de outras populações e que a pressão arterial foi influenciada por variáveis biossociais e hábitos de vida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.02.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200005493T1928
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORDEIRO, Benedita Ribeiro; PIERIN, Angela Maria Geraldo. A pressão arterial em funcionários do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná: associação com variáveis biopsicossociais, hábitos de vida e conhecimento sobre hipertensão. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Cordeiro, B. R., & Pierin, A. M. G. (2001). A pressão arterial em funcionários do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná: associação com variáveis biopsicossociais, hábitos de vida e conhecimento sobre hipertensão. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Cordeiro BR, Pierin AMG. A pressão arterial em funcionários do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná: associação com variáveis biopsicossociais, hábitos de vida e conhecimento sobre hipertensão. 2001 ;
    • Vancouver

      Cordeiro BR, Pierin AMG. A pressão arterial em funcionários do Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná: associação com variáveis biopsicossociais, hábitos de vida e conhecimento sobre hipertensão. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: