Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise descritiva do comportamentio espectral de amostras superficiais e subsuperficiais de solos da região de Rafard, SP (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: QUARTAROLI, CARLOS FERNANDO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSN
  • Subjects: SENSORIAMENTO REMOTO; SOLOS (PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS)
  • Language: Português
  • Abstract: O sensoriamento remoto apresenta importante potencial na avaliação do ambiente. Existe a necessidade de entender melhor as relações entre atributos dos solos e dados espectrais. O objetivo do presente trabalho, utilizando-se de um espectroradiômetro em laboratorio (400 a 2500 nm), foi de analisar descritivamente o comportamento espectral dos solos em amostras de perfis da região de Rafard, São Paulo. procurou-se analisar as relações entre a energia eletromagnetica refletida com os atributos físicos, químicos e mineralógicos dos solos, verificando as variações espectrais das amostras de terra ao longo de um perfil e sua relação com a classificação e discriminação dos solos. Foram descritos e amostrados 17 perfis de solos, de cujas amostras foram obtidas as curvas espectrais. Cada classe de solo apresentou características de classificação distintas, devido aos dados analíticos e morfológicos que, por sua vez, apresentaram íntima relação com os dados espectrais descritivos, discriminado as classes de solos. A análise descritiva observada na literatura pelos tipos de curva, enquadraram os solos arenosos principalmente nos tipos 2 e 4, e os solos com maior contribuição do diabasio no tipo 1. Numa analise mais detalhada das curvas espectrais (forma, feições e intensidades de absorção), porem, pode-se obter maiores informações sobre uma amostra de terra. Os solos arenosos refletiam mais, com curvas espectrais de aspecto ascendente, ao contrário dos solosargilosos. A banda em 1900 nm, discriminou solos com mineralogia 2; 1 dos oxidios e 1; 1. Foi possível detectar a presença de caulinita, gibbsita, oxidos de ferro hematita e goethita presente no solos, pelos aspectos descritivos das curvas, feições de absorção e intensidade de reflectância. Solos desenvolvidos de arenito apresentaram intensidades de reflectância mais elevadas do que os solos de diabasio. A avaliação dos dados espectrais de amostras dos ) horizontes superficiais e subsuperficiais permitiu discriminar a variabilidade analítica do perfil, auxiliando na discriminação dos solos e sua classificação. Existe relação entre os níveis de intemperismo dos solos e as informações espectrais. Os resultados indicam que as informações espectrais podem ser utilizadas como auxílio na caracterização, discriminação e classificação dos solos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.09.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500019306t631.4028 Q1a ex.2 77438
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      QUARTAROLI, Carlos Fernando; DEMATTE, José Alexandre Melo. Análise descritiva do comportamentio espectral de amostras superficiais e subsuperficiais de solos da região de Rafard, SP. 2001.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2001.
    • APA

      Quartaroli, C. F., & Dematte, J. A. M. (2001). Análise descritiva do comportamentio espectral de amostras superficiais e subsuperficiais de solos da região de Rafard, SP. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Quartaroli CF, Dematte JAM. Análise descritiva do comportamentio espectral de amostras superficiais e subsuperficiais de solos da região de Rafard, SP. 2001 ;
    • Vancouver

      Quartaroli CF, Dematte JAM. Análise descritiva do comportamentio espectral de amostras superficiais e subsuperficiais de solos da região de Rafard, SP. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: