Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito da rapamicina sobre a poliferação celular e expressão da ciclina D3 em linfócitos T normais e linfoblastos de leucemia linfóide aguda (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARTINS, SÉRGIO LUIS RAMOS - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: DOENÇAS SANGUÍNEAS E LINFÁTICAS (EFEITOS DE DROGAS); ONCOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A progressão das células de mamíferos através do ciclo celular é governada por uma ativação sequencial e subsequente inativação de uma série de complexos ciclinas/cdks. A regulação da expressão das ciclinas e a ativação dos diferentes complexos quinases, necessários para a progressão através das sucessivas transições entre as diversas fases do ciclo celular são fundamentais para o melhor entendimento da gênese de muitas neoplasias. Apesar da regulação da expressão das ciclinas D em linfócitos T humanos primános estar bem estabelecida, os dados de literatura divergem em relação aos mecanismos que modulam a expressão da ciclina D3 na transição das fases G1/S do ciclo celular em células hematopoéticas. Com o objetivo de avaliar o efeito da rapamicina sobre o ciclo celular de células mononucleares do sangue periférico humano (CMSP), neste estudo foi analisado o índice proliferativo das CMSP após ativação com fitohemaglutínina (PHA) e bloqueio com a rapamicina. A PHA induziu a proliferação celular, sendo bloqueada pela rapamicína dependente da concentração (efeito máximo com 100nM) e do tempo de adição da rapamicina, após o início da cultura. A adição de rapamicina após 24 horas do início do estímulo, não bloqueou a transição entre as fases G11S. A análise da expressão da ciclina D3 em CMSP após ativação com PHA e bloqueio pela rapamicina, revelou que a porcentagem de expressão da ciclina D3 foi constante durante toda a fase G1, a bloqueada pela rapamicina. Oefeito máximo foi no tempo 6 horas após início da cultura. Este bloqueio foi dependente da concentração de rapamicina, mais intenso na concentração de 100 nM. O efeito da rapamicina sobre a expressão da ciclina D3 foi revertido após 24 horas de estímulo, a reinduzido com nova adição da rapamicina Fenômeno este, observado provavelmente por metabolização da rapamicina. ) Empregando o mesmo delineamento experimental utilizado para as CMSP, foram avaliadas quatro amostras de linfoblastos de pacientes com leucemia linfóide aguda (LLA) prtmária, três de linhagem T e uma de linhagem B, que proliferaram espontaneamente in vitro". A rapamicina inibiu a proliferação celular e a expressão da ciclina D3 na LLA-T dependente da concentração. Por outro lado, a rapamicina falhou em bloquear a proliferação celuiar a expressão da ciclina D3 no único caso de LLA-B estudado, que proliferou espontaneamente 'in vitro' Por outro lado linfoblastos de sete pacientes (duas LLA-T a cinco LLA-B), que não proliferaram espontaneamente "in vitro", foram também analisados. Nestes casos, a rapamicina não teve influência sobre a proliferação celular e expressão de ciclina D3. Podemos concluir frente aos resultados, que a rapamicina induz um bloqueio da proliferação das CMSP na fase G1, ocasionando uma diminuição na expressão da ciclina D. Este bloqueio, não é seguido de apoptose, sendo reversível após 24 horas. Nas células leucêmicas, a rapamicina foi capaz de bloquear a proliferação celularautônoma em 3 amostras da LLA-T. Ademais, a rapamicina inibiu a expressão da ciclina D3. Analisando estes dados, podemos concluir que a rapamicina além do efeito sobre as células normais, também tem atividade contra algumas linhagens de LLA primárias. Estudos complementares poderão melhor avaliar a utilidade do uso da rapamicina, em conjunto com outras drogas, para o tratamento de LA de linhaqem celular T
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.08.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200059999Martins Sérgio Luís Ramos
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINS, Sérgio Luís Ramos; FALCÃO, Roberto Passetto. Efeito da rapamicina sobre a poliferação celular e expressão da ciclina D3 em linfócitos T normais e linfoblastos de leucemia linfóide aguda. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Martins, S. L. R., & Falcão, R. P. (2001). Efeito da rapamicina sobre a poliferação celular e expressão da ciclina D3 em linfócitos T normais e linfoblastos de leucemia linfóide aguda. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Martins SLR, Falcão RP. Efeito da rapamicina sobre a poliferação celular e expressão da ciclina D3 em linfócitos T normais e linfoblastos de leucemia linfóide aguda. 2001 ;
    • Vancouver

      Martins SLR, Falcão RP. Efeito da rapamicina sobre a poliferação celular e expressão da ciclina D3 em linfócitos T normais e linfoblastos de leucemia linfóide aguda. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: