Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Influência do meio reacional na fotodegradação do inseticida paration (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, FRANCISMÁRIO FERREIRA DOS - IQSC
  • USP Schools: IQSC
  • Subjects: INSETICIDAS; QUÍMICA ANALÍTICA; QUÍMICA AMBIENTAL
  • Language: Português
  • Abstract: Entre os diversos processos de descontaminação, os processos fotoquímicos se apresentam como uma alternativa para descontaminação de poluentes orgânicos em águas. Neste trabalho foi empregada a radiação ultravioleta artificial e natural em águas naturais e desionizada na degradação do pesticida paration etílico. Para melhor compreensão desse processo no sistema aquático foram avaliados os seguintes sistemas: A) presença e ausência de ácido húmico aquático e de turfa; B) concentração de ácido húmico; C) intensidade de luz e comprimento de onda (l>280nm e l>313nm) e D) pH. A maior velocidade de fotodegradação do paration com luz artificial foi obtida em água desionizada. Em l>280nm a velocidade de fotodegradação foi maior em comparação à obtida em l>313nm. Com o emprego de uma lâmpada de intensidade de luz de 7,41 x 10-10 einstein/s o paration foi completamente degradado em 300 minutos. Empregando-se uma lâmpada de maior intensidade de luz, 1,7 x 10-9 einstein/s, a degradação ocorreu em 30 minutos. A destruição do paration ocorreu somente pelo processo fotoquímico. Nesse caso, a degradação por meio da hidrólise química e degradação microbiana pode ser negligenciada. A luz solar foi eficiente na destruição do paration, no entanto, 32 dias de irradiação não foram suficientes para sua degradação completa. Nesse sistema, foi verificada uma contribuição da adsorção pelo ácido húmico, hidrólise química e ou microbiana na degradação. Em todos os experimentos a presença de ácidohúmico de turfa não influenciou na velocidade de fotodegradação. Além disso, a velocidade de fotodegradação diminuiu com o aumento na concentração de ácido húmico de turfa. Porém, na presença de ácido húmico aquático, a velocidade de fotodegradação foi maior. Foi verificado, também, que a degradação do paration é favorecida em meio alcalino. ) As determinações analíticas mostraram a presença dos fotoprodutos p-nitrofenol, paraoxon e aminofenol no meio reacional durante os experimentos fotoquímicos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.06.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IQSC30800010911T1279
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Francismário Ferreira dos; REZENDE, Maria Olímpia de Oliveira. Influência do meio reacional na fotodegradação do inseticida paration. 2001.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2001.
    • APA

      Santos, F. F. dos, & Rezende, M. O. de O. (2001). Influência do meio reacional na fotodegradação do inseticida paration. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Santos FF dos, Rezende MO de O. Influência do meio reacional na fotodegradação do inseticida paration. 2001 ;
    • Vancouver

      Santos FF dos, Rezende MO de O. Influência do meio reacional na fotodegradação do inseticida paration. 2001 ;