Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelagem micromecânica da fratura dútil e aplicações à integridade estrutural (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RUGGIERI, CLAUDIO - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PNV
  • Subjects: ESTRUTURAS OCEÂNICAS; MECÂNICA DA FRATURA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho apresenta recentes desenvolvimentos em modelagem micromecânica acoplada a procedimentos computacionais adequados para simular a extensão dútil de trincas sob Modo I de deformação em um contexto 3D. A filosofia adotada para o desenvolvimento metodológico emprega o conceito de células computacionais para definir o mecanismo de crescimento de microcavidades confinado dentro de uma camada material simetricamente localizada no plano da trinca macroscópica. Esta camada material possui espessura D, o qual possui certa conexão física com o espaçamento médio das (grandes) inclusões responsáveis pela nucleação das microcavidades e, portanto, define a dimensão linear (length scale) sobre a qual o dano material ocorre. Dentro deste modelo, a camada material à frente da trinca define a Zona de Processo para Fratura Dútil (ZPFD) discretizada em células cúbicas possuindo uma microcavidade (unitária) com porosidade (fração volumétrica) inicial ´porosidade inicial´, onde ´porosidade inicial´ é definido como a relação entre o volume incial da cavidade e o volume da célula. Numericamente, o crescimento progressivo da microcavidade e o subseqüente dano material em cada célula são descritos pelo modelo constitutivo de Gurson-Tvergaard. O crescimento e a coalescência das microcavidades dentro da ZPFD provocam a redução das forças que esta camada exerce sobre o material adjacente permitindo, portanto, o avanço e extensão dútil da trinca. Os procedimentoscomputacionais necessários à implementação numérica desta metodologia provam ser excepcionalmente robustos e eficientes, condições necessárias para a execução de análises refinadas em contexto 3D. As diversas aplicações exploratórias apresentadas neste trabalho demonstram a habilidade do modelo micromecânico, em conjunção com análises numéricas não lineares refinadas através do Método de Elementos Finitos, para descrever detalhadamente o problema da fratura dútil em ) sólidos e estruturas elasto-plásticos. Em particular, a transferência de curvas R entre corpos de prova SE(B) com diferentes relações ´tamanho da trinca/´largura da amostra ou corpo de prova´ é estabelecida com surpreendente precisão eliminando-se, portanto, a dependência das curvas de resistência ´Integral J´-´Extensão dútil; crescimento estável da trinca´ sobre a geometria destas amostras. A descrição numérica da frente (espacial) de propagação de trinca (crack front tunneling) em um corpo de prova C(T) é também obtida com excelentes níveis de detalhes. Estudos exploratórios adicionais envolvem a previsão da pressão de colapso de dutos longitudinalmente pré-trincados e a simulação do comportamento dútil de barras cilíndricas submetidas à tração. Em ambos os casos, o modelo micromecânico incorporando células computacionais captura os aspectos essenciais à descrição do fenômeno de propagação estável de trincas com potenciais extensões à avaliação da integridade mecânica de estruturas danificadas.Finalmente, o modelo de células computacionais é utilizado para descrever pequenas extensões dúteis (´Extensão dútil; crescimento estável da trinca´ ´aproximadamente´ 1MM) que freqüentemente procedem a fratura frágil (clivagem transgranular) de aços ferríticos de alta tenacidade operando dentro da região de transição frágil-dútil. A inclusão do crescimento de trincas em modelos micromecânicos para fratura frágil prova ser essencial para a correta previsão da tenacidade em componentes estruturais. Este estudo mostra de forma convincente a potencialidade da metodologia micromecânica incorporando células computacionais como uma ferramenta de engenharia robusta para análises de falhas sob regime dútil em componentes estruturais contendo defeitos. Tal metodologia é naturalmente acoplada à modelagem e simulação numérica em larga escala de sólidos e estruturas 3D contendo fissuras e defeitos sob regimes ) diversos para produzir um procedimento realista de avaliação da integridade de estruturas críticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200006239FT-1618
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RUGGIERI, Claudio. Modelagem micromecânica da fratura dútil e aplicações à integridade estrutural. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Ruggieri, C. (2001). Modelagem micromecânica da fratura dútil e aplicações à integridade estrutural. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ruggieri C. Modelagem micromecânica da fratura dútil e aplicações à integridade estrutural. 2001 ;
    • Vancouver

      Ruggieri C. Modelagem micromecânica da fratura dútil e aplicações à integridade estrutural. 2001 ;