Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização física, química, mineralógica e morfológica de uma seqüência de solos em Lins/SP (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: IBRAHIM, LILIANE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSN
  • Subjects: SOLOS; DINÂMICA DOS SOLOS; FERTIRRIGAÇÃO; FÍSICA DO SOLO; MICROMORFOLOGIA DO SOLO; MINERALOGIA DO SOLO; QUÍMICA DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho tem como objetivo a caracterização de um sistema de solos, evidenciando os parâmetros que possam esclarecer sua dinâmica e contribuir para a definição de critérios que possam determinar a aptidão destes solos como receptores de efluentes. Trata-se de uma área experimental de estudos, contígua à Estação de Tratamento de Esgoto do município de Lins (SP), onde efluentes são gerados a partir do tratamento de esgoto por sistema de lagoas de estabilização. Nesta área, vem sendo aplicada a técnica de irrigação com efluentes (fertirrigação). Os solos, situados ao longo de uma vertente com ligeira inclinação, foram caracterizados através de análises morfológicas, granulométricas, químicas, mineralógicas e micromorfológicas, realizadas em amostras coletadas em seis trincheiras abertas ao longo de duas topossequências, dispostas segundo o eixo de maior declive da vertente. Os solos são desenvolvidos a partir dos sedimentos arenosos da Formação Adamantina (Grupo Bauru) e constituem um sistema Latossolo - Argissolo, onde a transição Bw - Bt ocorre lateralmente do topo para a base da vertente. Foram identificadas quatro fases pedogenéticas nesta associação de solos. As duas primeiras, argiluviação e adensamento de partículas, responsáveis pela formação dos horizontes texturais, foram superpostas pelos processos de latossolização e hidromorfismo, atuantes na dinâmica atual destes solos. Análises micromorfológicas mostraram tratar-se de solos com intensaporosidade, caracterizada pelo empilhamento dos grãos do esqueleto quartzoso, amplamente predominante, e pelo arranjo entre os microagregados granulares. A permeabilidade é ainda favorecida pela intensa ação da mesofauna. Os solos são distróficos, com alta saturação por alumínio e compostos por caolinita e óxidos de ferro. Por se constituirem num sistema frágil, a disposição de quaisquer tipos de resíduos nestes solos, requer o monitoramento constante de suas ) propriedades, tanto para a manutenção, quanto para a recuperação da qualidade desta cobertura pedológica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.03.2002
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500022322t631.44 I14c ex.2 78920
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      IBRAHIM, Liliane; MELFI, Adolpho José. Caracterização física, química, mineralógica e morfológica de uma seqüência de solos em Lins/SP. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-07082002-140701/ >.
    • APA

      Ibrahim, L., & Melfi, A. J. (2002). Caracterização física, química, mineralógica e morfológica de uma seqüência de solos em Lins/SP. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-07082002-140701/
    • NLM

      Ibrahim L, Melfi AJ. Caracterização física, química, mineralógica e morfológica de uma seqüência de solos em Lins/SP [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-07082002-140701/
    • Vancouver

      Ibrahim L, Melfi AJ. Caracterização física, química, mineralógica e morfológica de uma seqüência de solos em Lins/SP [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-07082002-140701/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: