Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Métodos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de melão (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TORRES, SALVADOR BARROS - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: GERMINAÇÃO DE SEMENTES; MELÃO (PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS); POTÁSSIO; SEMENTES
  • Language: Português
  • Abstract: A pesquisa teve como objetivo estudar procedimentos para a condução dos testes de deterioração controlada, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica e lixiviação de potássio, procurando-se verificar sua eficiência para identificação de diferentes níveis de vigor de lotes de sementes de melão (Cucumis melo L.). Para tanto, o estudo foi conduzido em duas etapas, utilizando-se cinco lotes de sementes dos híbridos AF-646 e AF-682. Na primeira foram realizados os testes de germinação, primeira contagem de germinação, Método Agroflora, emergência de plântulas em casa de vegetação e estudos específicos para os testes de deterioração controlada (graus de umidade de 18%, 21% e 24%, a '45 GRAUS'C, durante 24 e 48 horas), de envelhecimento acelerado, com e sem solução salina (períodos 48, 72 e 96 horas, a '38 GRAUS'C ou '41 GRAUS'C), de condutividade elétrica (temperaturas de '20 GRAUS'C, '25 GRAUS'C e '30 GRAUS'C, volumes de 50 e 75mL de água, 25 e 50 sementes e períodos de 1, 2, 4, 8, 12, 16, 20 e 24 horas) e de lixiviação de potássio (25 e 50 sementes, 50 e 75mL de água, a '25 GRAUS'C e '30 GRAUS'C, durante 30, 60, e 90 minutos, 2h, 2h e 30 minutos, 3, 4 e 5 horas). Os procedimentos considerados mais promissores para cada teste, nesta primeira fase, foram comparados na segunda) etapa que também incluiu os testes de germinação, primeira contagem de germinação, Método Agroflora e emergência de plântulas em casa de vegetação. Diante dosresultados obtidos, concluiu-se que os testes de deterioração controlada (24%/'45 GRAUS'C/24h) e de envelhecimento acelerado (procedimento tradicional e com solução salina), utilizando a combinação '41 GRAUS'C/72h, apresentam sensibilidade suficiente para avaliação do potencial fisiológico de sementes de melão. O teste de condutividade elétrica não constitui em opção eficiente para avaliação do vigor das sementes, enquanto o teste de lixiviação de potássio necessita de estudos adicionais para adequar sua metodologia e viabilizar a sua utilização para sementes de melão, considerando-se, inclusive, os prováveis efeitos do genótipo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.04.2002
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500022370t635.61 T689m ex.1 79124
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TORRES, Salvador Barros; MARCOS FILHO, Júlio. Métodos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de melão. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23102002-151357/ >.
    • APA

      Torres, S. B., & Marcos filho, J. (2002). Métodos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de melão. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23102002-151357/
    • NLM

      Torres SB, Marcos filho J. Métodos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de melão [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23102002-151357/
    • Vancouver

      Torres SB, Marcos filho J. Métodos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de melão [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-23102002-151357/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: