Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise funcional de genes regulados por glicocoeticóides na reversão fenotípica tumoral-normal de células ST1 de glioma de rato (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FLATSCHART, ROBERTO BECHT - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: BIOLOGIA MOLECULAR; BIOLOGIA CELULAR; CÉLULAS (ESTUDO); CITOPATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: As linhagens celulares STI e P7 (ARMELIN e ARMELIN, 1983), isoladas no laboratório a partir da linhagem C6 de gliorna de rato, constituem modelos interessantes para o estudo da ação de glicocorticóides por mostrarem, respectivamente, hiperesponsividade e resistência ao tratamento com o hormônio quando observados morfologia, tempo de dobramento, densidade de saturação, crescimento em suspensão de agarose e tumorigenicidade em camundongos "nude". Em trabalhos anteriores, foram isoladas de bibliotecas de CDNA de células STI, através de hibridização diferencial, seqüências correspondentes à metalotioneína 1, metalotioneína 2, glicoproteína oc-1 ácida e pelo menos um transcrito de um retrovírus endógeno (ciones C27, C36, C41 e CV2, respectivamente) (VALENTIM e ARMELIN, 1996). Para comprovar o envolvimento das proteínas Metalotioneína 1, Metalotioncina 2, Glicoproteína a-l-ácida e env na reversão fenotípica observada nas células STI tratadas com hidrocortisona, duas abordagens diferentes foram usadas: a inibição da expressão dessas proteínas com oligonucleotídeos ou construções "antisense" e a super-expressão dessas proteínas usando vetores de expressão induzíveis. Nos ensaios de crescimento em suspensão de agarose, levados à cabo com populações de células transfectadas com construções induzíveis contendo os cDNAs de interesse nas orientações "sense" ou "antisense", o padrão de crescimento das células transfectadas, na ausência ou na presença dehidrocortisona e/ou indutor permitiu confirmar o possível papel das proteínas correspondentes na reversão fenotípica induzida por hidrocortisona. Os resultados mostraram que transcritos "antisense" de glicoproteína 'alfa'-l- ácida, metalotioneína 2, metalotioneína 1 e env foram capazes de inibir, em maior ou menor grau, o efeito de hidrocortisona em células ST I transfectadas. Por outro lado, a indução da expressão de Metalotioneína 1 e env foram capazes, ) de inibir, parcialmente, a formação de colônias em células ST1 e P7 transfectadas com construções "sense"
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.02.2001

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100004447T 574.88 F586a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FLATSCHART, Roberto Becht; SOGAYAR, Mari Cleide. Análise funcional de genes regulados por glicocoeticóides na reversão fenotípica tumoral-normal de células ST1 de glioma de rato. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Flatschart, R. B., & Sogayar, M. C. (2001). Análise funcional de genes regulados por glicocoeticóides na reversão fenotípica tumoral-normal de células ST1 de glioma de rato. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Flatschart RB, Sogayar MC. Análise funcional de genes regulados por glicocoeticóides na reversão fenotípica tumoral-normal de células ST1 de glioma de rato. 2001 ;
    • Vancouver

      Flatschart RB, Sogayar MC. Análise funcional de genes regulados por glicocoeticóides na reversão fenotípica tumoral-normal de células ST1 de glioma de rato. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: