Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Queratose seborréica hipocrômica: estudo epidemiológico, histopatológico e ultra-estrutural (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JUANG, JACKELINE MOTA - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MDT
  • Subjects: PELE (ULTRAESTRUTURA); MICROSCOPIA ELETRÔNICA (MÉTODOS); ESTUDOS PROSPECTIVOS
  • Language: Português
  • Abstract: A queratose seborréica hipocrômica (QSH) é uma variante da queratose seborréica, com poucos relatos na literatura geral. Foram examinados 754 doentes provenientes do HSPM-SP, com faixa etária a partir de 20 anos. Destes 24,80% apresentavam lesão do tipo QSH, o sexo feminino foi mais prevalente, a idade mais observada esteve entre 41-60 anos, sendo as raças caucasóide e negróide mais acometidas. A localização das lesões predominou no tronco, seguido dos membros e da face e o pequeno número de lesões foi o mais habitual. O estudo histopatológico dos casos selecionados mostrou hiperqueratose, acantose e papilomatose discreta, mistura de células basalóides e escamosas, diminuição da pigmentação da camada de células basais e ausência de cistos ou pseudocistos córneos. Na ultra-estrutura a presença de células disqueratóticas na camada malpighiana foi um achado comum a todos os casos estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.04.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM10700042985W4.DB8 SP.USP FM-1 J82q
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JUANG, Jackeline Mota; VASCONCELLOS, Cidia. Queratose seborréica hipocrômica: estudo epidemiológico, histopatológico e ultra-estrutural. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Juang, J. M., & Vasconcellos, C. (2002). Queratose seborréica hipocrômica: estudo epidemiológico, histopatológico e ultra-estrutural. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Juang JM, Vasconcellos C. Queratose seborréica hipocrômica: estudo epidemiológico, histopatológico e ultra-estrutural. 2002 ;
    • Vancouver

      Juang JM, Vasconcellos C. Queratose seborréica hipocrômica: estudo epidemiológico, histopatológico e ultra-estrutural. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: