Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliando o Sistema de Informações sobre Mortalidade em Mato Grosso (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, LIGIA REGINA DE - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO; ATESTADO DE ÓBITO; CAUSA BÁSICA DE MORTE; ESTUDOS DE AVALIAÇÃO; BRASIL
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Avaliar o Sistema de Informações sobre Mortalidade - SIM, do Ministério da Saúde, sob os aspectos quantitativos e qualitativos. Método: Na primeira etapa, foram utilizados dados secundários, para uma série histórica de 1979 a 1999, verificando a cobertura do SIM em relação aos óbitos informados pelo IBGE; foram ainda estimadas a subenumeração de óbitos e a proporção de óbitos por causas mal definidas. A segunda etapa foi realizada considerando um período de três meses em sete municípios mato-grossenses. Visando à análise quantitativa do sistema, foram comparados os óbitos informados pelo SIM com aqueles levantados pela pesquisa. Objetivando a avaliação qualitativa, foram analisadas as Declarações de Óbito (DO) quanto ao preenchimento da causa básica e se essa não enquadrasse como "bem definida", eram coletadas informações adicionais em prontuários hospitalares e/ou entrevistas em domicílio ou no Instituto Médico Legal/Delegacias de Polícia. Ao final, a causa básica da DO original foi comparada com a refeita após o estudo. Resultados: A avaliação realizada na etapa 1 indicou que as informações do SIM apresentaram-se de boa qualidade. Já os resultados da etapa 2 revelam outro quadro: dos 121 casos onde a causa básica foi mal definida ou com diagnóstico incompleto, 35,5 por cento não se alteraram após investigação. Este fato está relacionado com a má qualidade do preenchimento dos prontuários hospitalares/boletins de ocorrência policial. No entanto, em 55,4por cento dos óbitos investigados, foi possível ter um ganho total, ou seja, esses passaram a ter uma causa bem definida (natural ou externa) pós-investigação. Conclusões: Os resultados mostraram aspectos que permitem inferir que é possível obter ganho apreciável na qualidade da informação de mortalidade, mediante a adoção de metodologia simples, acessível e exeqüível
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.02.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800028877312.2 71
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Ligia Regina de; MELLO JORGE, Maria Helena Prado de. Avaliando o Sistema de Informações sobre Mortalidade em Mato Grosso. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Oliveira, L. R. de, & Mello Jorge, M. H. P. de. (2002). Avaliando o Sistema de Informações sobre Mortalidade em Mato Grosso. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Oliveira LR de, Mello Jorge MHP de. Avaliando o Sistema de Informações sobre Mortalidade em Mato Grosso. 2002 ;
    • Vancouver

      Oliveira LR de, Mello Jorge MHP de. Avaliando o Sistema de Informações sobre Mortalidade em Mato Grosso. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: