Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Biodisponibilidade do íon fosfato em solos sob pastagens cultivadas na Região do Cerrado (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CORAZZA, EDEMAR JOAQUIM - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSN
  • Subjects: BRACHIARIA; CERRADO; FÓSFORO; PASTAGENS; QUÍMICA DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a biodisponibilidade do fosfato (P) do solo sob pastagens cultivadas com Brachiaria spp. em diferentes situações de manejo e tipos de solo na Região do Cerrado. No Cerrado, que abrange um pouco mais de 24% do território brasileiro (207 milhões de hectares), as pastagens cultivadas ocupam 49,5 milhões de hectares, das quais, aproximadamente 80% apresentam-se com baixa produtividade. A baixa biodisponibilidade de P nos solos é apontada como uma das causas da perda da capacidade produtiva dessas pastagens. Trabalhos que avaliem a oferta de fosfato pelo solo sob pastagens são escassos. Embora seja utilizada em rotina, a metodologia de extração pela resina aniônica tem pouco referencial no âmbito de análises de solos sob pastagens. A avaliação da biodisponibilidade do fosfato do solo foi realizada por meio da extração do P pela resina (Pr) e complementada pela determinação do íon fosfato na solução do solo (Cp) e a realização das cinéticas de troca isotópica (CTI) com o radioisótopo 32P. Os latossolos de diferentes texturas foram os principais solos estudados. O estudo seguiu uma abordagem de uma escala regional até a parcela e permitiu destacar os seguintes fatos: i) As extrações pela resina demonstraram a baixa biodisponibilidade do P do solo sob pastagens cultivadas conforme os níveis atualmente considerados limitantes para o crescimento da forrageira. O Pr também foi limitante sob pastagens recém renovadas a um curto período detempo e consideradas de boa produtividade; ii) Os extratos Cp apresentaram limitações metodológicas na sua determinação devido às baixas concentrações de fosfato, mas corroboraram com os da resina, sendo considerados limitantes para o crescimento da planta conforme resultados da literatura; iii) A modelagem dos dados experimentais das CTI permitiu caracterizar de melhor a biodisponibilidade de fosfato do solo, pois leva em consideração o fator tempo ) de oferta de P pelo solo. Demonstrou-se que a biodisponibilidade de P do solo seria limitante para as plantas após de 2 meses utilização e nas renovadas a partir do terceiro ao quarto ano da renovação, se adubações de manutenção não forem realizadas e, iv) A avaliação da distribuição espacial de P numa pastagem de baixa produtividade mostrou que existe uma dinâmica própria de reciclagem de P nestes sistemas. Os conteúdos de Pr "sob touceiras" foram superiores aos "entre touceiras" e apresentaram correlação linear com o P da planta. Isto evidenciou a necessidade de estudos mais ligados a dinâmica do P do solo nestas situações, levando em consideração a planta. Estes estudos podem auxiliar no entendimento do balanço dos componentes do consórcio de pastagens ao longo do tempo, pois interferem diretamente na dinâmica do P do solo e sua absorção pelas plantas. Há necessidade de mais estudos de campo para a elaboração de base de dados mais consistentes para estas espécies adaptadas a solos de baixa fertilidade químicapara o estabelecimento dos níveis críticos de P. A CTI poderia ser utilizada como uma ferramenta melhorando as avaliações atualmente realizadas por metodologias convencionais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.04.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500022579t633.2 C788b ex.2 79394
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORAZZA, Edemar Joaquim; MURAOKA, Takashi. Biodisponibilidade do íon fosfato em solos sob pastagens cultivadas na Região do Cerrado. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002.
    • APA

      Corazza, E. J., & Muraoka, T. (2002). Biodisponibilidade do íon fosfato em solos sob pastagens cultivadas na Região do Cerrado. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Corazza EJ, Muraoka T. Biodisponibilidade do íon fosfato em solos sob pastagens cultivadas na Região do Cerrado. 2002 ;
    • Vancouver

      Corazza EJ, Muraoka T. Biodisponibilidade do íon fosfato em solos sob pastagens cultivadas na Região do Cerrado. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: