Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo in vivo da ação antimicrobiana do preparo químico cirúrgico associado ou não a irradiação com o laser de alta potência Nd:YAG (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMARGO, SELMA CRISTINA CURY - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODD
  • Subjects: TRATAMENTO DO CANAL RADICULAR; LASER; MICROBIOLOGIA ORAL; BACTÉRIAS (ATIVIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo avaliou in vivo, o potencial de redução microbina da terapia endôntica pós-preparo químico cirúrgico associado ou não a irradiação laser de alta intensidade utilizando o Nd:YAG. Para tal, foram selecionados 24 dentes unirradiculares, portadores de mortificação pulpar e lesão periapical, que foram divididos igualmente em dois grupos denominados A e B. A primeira coleta das amostras microbianas foi feita logo após a cirurgia de acesso. Para o grupo A, os canais foram preparados convencionalmente e após o término da instrumentação, uma nova coleta microbiana foi efetuada. A seguir, os canais foram selados com cimento temporário por sete dias. Para o Grupo B, os canais foram preparados convencionalmente como descrito no grupo A e após a instrumentação, receberam irradiação intracanal com laser de Nd:YAG. Seqüencialmente, uma nova coleta de amostras foi feita e os dentes selados como descrito para o grupo A. Após esse período, os pacientes retornaram para uma nova consulta. Os dentes foram isolados, procedendo-se a antissepsia de todo o campo operatório, e uma nova coleta foi feita imediatamente após a remoção do cimento provisório (ambos os grupos). A seguir uma nova desinfeção intracanal foi efetuada, e os canais foram obturados. As amostras foram enviadas para avaliação da presença de microrganismos, identificação e quantificação microbiana. Os resultados obtidos foram tabulados e analisados estatisticamente. Em, 95,8% dos canaisestudados foram observadas culturas positivas na primeira avaliação. O número de microrganismos isolados variou de 1 a 7 por canal, com predominância anaeróbia(90,9%). Ambas as técnicas reduziram significantemente (p<0,05) o número de casos com culturas positivas, imediatamente após o tratamento e no período de uma semana. )Quanto ao grau de crescimento microbiano, a irradiação com o laser de Nd:YAG após o preparo químico cirúrgico, propiciou a uma redução significativa (p<0,05) na quantidade de microrganismos encontrados imadiatamente após a irradiação e em uma semana. Tal fato não foi comprovado pelo grupo sem laser. A análise do número de cepas microbianas não apresentou diferenças significativas na primeira avalição, para ambos os grupos. Após o tratamento endodôntico convencional (grupo A) e associação com a irradiação laser (grupo B), esse número foi reduzido significativamente (p<0,05). A comparação entre os grupos, demonstrou maior redução no número de cepas microbianas para o grupo onde foi utilizada a terapia laser, resultados estatisticamente significativos (p<0,05)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.02.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500008302T3.157
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMARGO, Selma Cristina Cury; AUN, Carlos Eduardo. Estudo in vivo da ação antimicrobiana do preparo químico cirúrgico associado ou não a irradiação com o laser de alta potência Nd:YAG. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Camargo, S. C. C., & Aun, C. E. (2002). Estudo in vivo da ação antimicrobiana do preparo químico cirúrgico associado ou não a irradiação com o laser de alta potência Nd:YAG. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Camargo SCC, Aun CE. Estudo in vivo da ação antimicrobiana do preparo químico cirúrgico associado ou não a irradiação com o laser de alta potência Nd:YAG. 2002 ;
    • Vancouver

      Camargo SCC, Aun CE. Estudo in vivo da ação antimicrobiana do preparo químico cirúrgico associado ou não a irradiação com o laser de alta potência Nd:YAG. 2002 ;