Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mapeamento do palhiço enfardado de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) e do seu potencial energético (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIPOLI, MARCO LORENZZO CUNALI - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: AGRICULTURA; CANA-DE-AÇÚCAR; ENERGIA DE BIOMASSA; ENFARDADORAS; FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA; INSTRUMENTOS DE PRECISÃO; MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é um país tropical em desenvolvimento com abundantes recursos em biomassa. A cana-de-açúcar é, primariamente, produzida para a obtenção de álcool e açúcar. Atualmente, os canaviais são queimados como prática de pré-colheita. Abandonando-se essa prática, o palhiço constituído por ponteiros, folhas verdes, palhas e frações de colmos remanescentes após operações de colheita, poderia ser recolhido e utilizado para produção de vapor visando geração de energia elétrica, nas próprias usinas e destilarias. Este estudo teve o objetivo de mapear o palhiço remanescente da colheita mecanizada de cana-de-açúcar, sem queima prévia, resultante do enfardamento do material por meio de duas diferentes enfardadoras (de fardos cilíndricos e prismáticos), utilizando-se os conceitos da Agricultura de Precisão. Essa atividade permitiu quantificar a massa de palhiço recolhido, sua umidade e o seu equivalente energético em barris de petróleo. A área objeto do estudo pertence à Usina Costa Pinto, município de Piracicaba, SP ('22 GRAUS'40'30"S, '47 GRAUS'36'38"W). A produtividade foi estimada pela pesagem direta dos fardos, através de célula de carga e pela medição da área de origem do material enfardado.) Foram realizadas determinações para os dois tipos de enfardamento resultantes da operação em áreas com três diferentes tipos de enleiramento, que diferiram entre si em relação à massa de palhiço acumulada nas leiras. Os resultados obtidos médios para massae volume dos fardos foram de 336,4kg e 1,54 metros cúbicos para os prismáticos e de 452,9kg e 2,72 metros cúbicos para os cilíndricos. Pelos mapas obtidos observou-se que a quantidade de palhiço enfardado, sobre a área, variou de 6,0 a 15,0Mg.ha-1; sua umidade variou de 14,68 a 30,50% e o seu equivalente energético estimado foi de 6,33 a 17,80 barris de petróleo por hectare, todos numa distribuição não homogênea. A técnica adotada para geração de mapas para este tipo de matéria-prima mostrou-se adequada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.05.2002
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500022652t633.61 R592m ex.2 79498
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIPOLI, Marco Lorenzzo Cunali; BALASTREIRE, Luiz Antônio. Mapeamento do palhiço enfardado de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) e do seu potencial energético. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11148/tde-19082002-155948/ >.
    • APA

      Ripoli, M. L. C., & Balastreire, L. A. (2002). Mapeamento do palhiço enfardado de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) e do seu potencial energético. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11148/tde-19082002-155948/
    • NLM

      Ripoli MLC, Balastreire LA. Mapeamento do palhiço enfardado de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) e do seu potencial energético [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11148/tde-19082002-155948/
    • Vancouver

      Ripoli MLC, Balastreire LA. Mapeamento do palhiço enfardado de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) e do seu potencial energético [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11148/tde-19082002-155948/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: